Homepage

  • Tops não vacilam e Slater dá show no arranque do Quik Pro France
    03 outubro 2019
    arrow
  • A melhor performance do dia acabou por ser a do australiano Owen Wright, que está em grande forma nesta altura da época.
  • Após um começo de dia bem positivo para as cores nacionais, em que Frederico Morais garantiu logo a qualificação para a 3.ª ronda no heat 2, a ação no Quiksilver Pro France, a nona etapa do WCT 2019, prosseguiu a bom ritmo, ficando completas a ronda inaugural masculina e feminina na praia de Les Culs Nus. Kelly Slater e restantes tops estiveram a bom nível e as surpresas foram poucas neste arranque em França.

    A maior surpresa na prova masculina acabou por ser a derrota de Kolohe Andino no heat 3, logo após o de Kikas. O norte-americano fez 14 pontos, mas acabou eliminado na melhor disputa da jornada, pelos 14,33 de Yago Dora e pelos 14,40 do regressado Leo Fioravanti. Um resultado que obriga o número 4 mundial a competir na repescagem – enfrenta Jadson Andre e Marco Mignot.

    A partir daí a prova levou o seu rumo natural, com os principais favoritos a conseguirem superar a ronda sem grandes percalços. O líder do ranking e campeão mundial em título, Gabriel Medina, fê-lo com um triunfo e um score de 14,40 pontos, enquanto Jordy Smith e Filipe Toledo não precisaram de tanto para também seguir em frente – Toledo venceu mesmo uma bateria em que saiu a meio devido à lesão que tem nas costas.

    No entanto, a melhor performance do dia acabou por ser a do australiano Owen Wright, que está em grande forma nesta altura da época, comprovando isso mesmo com um score de 15,10. Quem também brilhou com uma performance de belo nível foi o rei Kelly Slater, que venceu a bateria 9, com 13,84 pontos, frente ao brasileiro Jesse Mendes e ao norte-americano Conner Coffin, que caiu na repescagem.

    Na prova feminina também houve uma grande surpresa, com Stephanie Gilmore a ser atirada para a repescagem por Keely Andrew e por Johanne Defay. Destaque ainda para o triunfo da wildcard francesa Vahine Fierro num heat em que a líder mundial Carissa Moore também seguiu em frente, e para a norte-americano Caroline Marks que, com 13,50 pontos, protagonizou a melhor performance do dia.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas