Homepage

  • John John Florence pisca o olho a regresso no Pipe Masters
    30 outubro 2019
    arrow
  • Resta perceber se John John estará mesmo recuperado para competir em Pipeline ou se não será tudo jogo psicológico de forma a tentar condicionar a prestação de Slater.
  • Estamos a apenas uma etapa do final do WCT 2019, que vai terminar no sempre mítico Pipe Masters, no Havai, e, como se não bastante a ultra renhida corrida ao título mundial, John John Florence, campeão do Mundo em 2016 e 2017, decidiu apimentar ainda mais a outra grande luta ainda em disputa: a qualificação olímpica.

    Com o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater ainda de olho na vaga, John John parece não estar disposto a dar tréguas e, numa altura em que ainda é o segundo melhor norte-americano do ranking, mesmo depois de se ter lesionado com gravidade em junho, parece estar disposto a regressar à prova já em Pipeline, no início de dezembro. Tudo para garantir a vaga em Tóquio’2020.

    Foi através de um post nas redes sociais, que John John Florence informou os seguidores de um novo projeto que está a realizar, aproveitando a deixa para informar que o joelho está “cada vez melhor” e que já tem em mira a participação no Pipe Masters deste ano e também nos Jogos Olímpicos.

    Ora, resta perceber se John John estará mesmo recuperado para competir em Pipeline ou se não será tudo jogo psicológico - daqueles que KS tanto gosta -, de forma a tentar condicionar a prestação de Slater na última etapa do ano. Isto, depois de o havaiano já ter dito há algumas semanas que se ainda estivesse em boa posição para se qualificar, até competiria lesionado só para tentar defender a vaga.

    Em Peniche, Kolohe Andino confirmou a primeira vaga norte-americana para Tóquio, sendo que na luta pela segunda estão três surfistas, sendo dois deles dos maiores nomes de sempre da modalidade: Kelly Slater e John John Florence – o terceiro é o jovem havaiano Seth Moniz. E, apesar do infortúnio sofrido a meio da época, até é John John quem está com uma vantagem confortável nesta altura do campeonato…

    O grande arranque de temporada que colocou o havaiano na liderança do ranking logo desde início da temporada tem servido para este manter a esperança. É que mesmo só fazendo cinco etapas, contra 10 dos rivais direitos, John John (8.º do ranking) está com mais de 3 mil pontos de avanço para Slater (10.º) e quase 6 mil para Moniz (12.º).

    Prevê-se, assim, um final de temporada bem picante, tanto na luta pelo título, como na luta pela permanência na elite mundial, como ainda nesta qualificação olímpica. A verdade é que mesmo que Florence não entre em prova, pode acabar a temporada qualificado para Tóquio’2020. Isto porque o requisito de Slater para estar na estreia olímpica do surf é já um 5.º posto na etapa final, estando ainda dependente da prestação de terceiros. As contas, essas, fazem-se no fim da temporada.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram