Homepage

  • Bill Sharp, o diretor geral da WSL para as Ondas Grandes, considera que o novo Nazaré Tow Surfing Challenge será "10 vezes melhor e 10 vezes maior" que o anterior Nazaré Challenge.
  • Arranca já na próxima sexta-feira - feriado do Dia de Todos os Santos - o longo período de espera do novo evento especial de tow-in da Nazaré. Trata-se do Nazaré Tow Surfing Challenge.

    Prova que surge na sequência da World Surf League (WSL) ter deixado cair o Big Wave Tour e posteriormente ter feito uma reestruturação no calendário das provas de ondas grandes. 

    Hoje no Auditório da Biblioteca Municipal da Nazaré decorreu a apresentação oficial do evento que contou com a presença de alguns big riders que estarão em competição, responsáveis da World Surf League, o icónico Garrett McNamara, que teve um importante contributo na definição da estrutura competitiva do evento, e ainda Walter Chicharro, presidente da Câmara Municipal da Nazaré. 

    Na apresentação da nova competição, Bill Sharp, diretor geral da World Surf League para as Ondas Grandes, não escondeu o entusiasmo com o novo evento. "É muito entusiasmante lançar um evento completamente novo. É uma oportunidade. Hoje, a Nazaré, é semelhante ao que o 'North Shore' (Costa Norte) do Havai era nos anos 70. Deixou de ser apenas um sítio agradável para passar o verão e passou a ser o centro do mundo em termos de ondas grandes. É aqui que encontramos os melhores surfistas, que procuram as maiores e melhores ondas para surfar. Este será um espetáculo que o mundo inteiro vai apreciar e ainda irá crescer nos próximos anos", prometeu Sharp.

    O responsável da WSL acredita que, por ter sido criado de raiz, o Nazaré Tow Surfing Challenge será "10 vezes melhor e 10 vezes maior" do que o anterior Nazaré Challenge.

    Francisco Spínola, diretor da World Surf League para Europa, África e Médio Oriente, entende que esta nova competição é a "evolução natural do que tem sido feito nos últimos anos, em termos de ondas grandes, na Nazaré. Estamos perante o ano zero. Acredito que este evento, no futuro, irá crescer massivamente. Com a contribuição de todos, estamos a criar algo que nunca foi feito antes e que, provavelmente, será o maior evento de surf de sempre".

    Quanto a Walter Chicharro, presidente do munícipio da Nazaré, considera que quando o tema é ondas grandes a vila a que preside já é uma "marca mundial. Provámos pelo trabalho do Garrett McNamara e de outros atletas que vieram para a Nazaré, incluindo surfistas do género feminino, que as maiores ondas do mundo estão na Praia do Norte. Para mim é altamente gratificante ver realizado este meu sonho bem como de muitas pessoas da Nazaré".

    Por seu lado Garrett McNamara, figura muito importante na impulsão da Nazaré como destino de eleição para as ondas grandes, acredita que esta nova competição é "melhor do que a anterior", possibilita "diversão e melhores condições de segurança", tendo ainda exaltado as "condições únicas da Nazaré".

    Formato revolucionário

    No evento a realizar na Praia do Norte as novidades saltam logo à vista através do modo como irão competir os surfistas que foram convidados pela organização.

    Estes irão competir por duplas, perfazendo um total de 10 formações. Nove conjuntos serão compostos por dois surfistas, sendo a excepção a equipa que contém apenas a francesa Justine Dupont. Equipas essas que têm nas suas fileiras nomes que dispensam apresentações.

    São o caso do recordista mundial da maior onda surfada, Rodrigo Koxa, o lendário Grant 'Twiggy' Baker, Lucas Chianca ou os portugueses Hugo Vau, Alex Botelho e Nic von Rupp. António Silva será o outro luso dentro de água. 

    No total serão realizados quatro heats que terão, cada um, uma hora de duração. Por cada bateria competem cinco equipas. Cada formação terá a oportunidade de surfar por duas vezes no total dos quatro heats.

    No final, serão distribuídos prémios para a 'melhor onda surfada por um big rider masculino', 'melhor onda surfada por uma big rider feminina, 'melhor equipa' e ainda um prémio destinado ao maior compromisso

    Para cada categoria, à excepção do prémio destinado ao género feminino em que só teremos duas senhoras (Maya Gabeira e Justine Dupont) em prova, existirão cinco nomeados, que serão selecionados por um painel de seleção. Após concluída a ação dentro de água, serão os próprios surfistas a escolherem quem serão os vencedores desses prémios. Uma situação que não encontra paralelo em nenhum outro evento de surf.

    O período de espera do edição inaugural do Nazaré Tow Surfing Challenge será entre o dia 1 de novembro de 2019 e o dia 31 de março de 2020.

    Ou seja, nada mais nada menos, do que cinco longos meses para encontrar um dia épico de surf de ondas grandes no Canhão da Nazaré. Jornada que marcará o início de uma nova Era nas provas da especialidade. 

    Equipas em prova:

    Team World - Sebastian Steudtner & Maya Gabeira
    Team Great Britain - Andrew Cotton & Tom Butler
    Team Brazil - Rodrigo Koxa & Pedro Scooby
    Team Australia - Ross Clarke-Jones & Mick Corbett
    Team Young Bulls - Lucas Chianca & Kai Lenny
    Team Portugal - Hugo Vau & Alex Botelho
    Team Europe - Nic von Rupp & Francisco Porcella
    Team France - Benjamin Sanchis & Eric Rebiere
    Team Atlantic - Grant Baker & António Silva
    Team Justine - Justine Dupont

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mar
  • Ondas Grandes
  • Nazaré
  • Surf
  • Tow-in
  • World Surf League
  • big waves
  • Francisco Spínola
  • Portugal
  • Nazaré Tow Surfing Challenge
  • Canhão da Nazaré
  • Câmara Municipal da Nazaré
  • Garrett McNamara
  • Walter Chicharro
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
novembro 11
Nova ondulação grande deverá chegar à Nazaré esta semana
novembro 11
Big riders portugueses deram show em ilha Pancha
novembro 11
Praias do nordeste brasileiro já começaram a ser reabertas
novembro 11
Nova Gales do Sul em estado de emergência devido aos incêndios
novembro 11
Occy abre o jogo sobre droga, álcool e os 110 kg que chegou a ter
novembro 11
São Martinho cinzento e sem o famoso 'verão'
novembro 08
Diminuiu a reciclagem das embalagens de plástico em Portugal