Homepage

  • Vasco Ribeiro também avança para a 3.ª ronda nos Açores
    20 setembro 2019
    arrow
  • Uma forte tempestade acabou por interromper a prova esta sexta-feira. Quando a prova retomar, no sábado, Frederico Morais será o primeiro a entrar na água.
  • Foi uma jornada bem curta, mas positiva para as cores portuguesas. Esta sexta-feira o mar subiu um pouco, mas a tempestade que chegou a meio do dia permitiu a realização de apenas seis heats. Num deles Vasco Ribeiro esteve em bom plano, conseguindo avançar na prova e juntar-se a Frederico Morais e Afonso Antunes na 3.ª ronda o Azores Airlines Pro, QS6000 que se disputa nas ondas de Ribeira Grande, na ilha de São Miguel.

    Vasco competiu no terceiro heat do dia, que foi o 23.º e penúltimo da ronda, e as coisas até nem começaram bem para o surfista português, que só na segunda metade do heat conseguiu segurar a qualificação. Com todos os rivais a terem score já acima de 10 pontos, Vasco Ribeiro pouco tinha acumulado, mas segurou a prioridade com mestria para depois fazer uma onda de 8,17 pontos.

    Essa joga de Vasco ofereceu-lhe uma subida do último para o primeiro posto do heat. O português ainda foi ultrapassado pelo brasileiro Luel Filipe, que terminou a bateria com 15,76 pontos, mas até final acabou por juntar 5,57 para perfazer um score de 13,74, que lhe garantiu uma qualificação tranquila, à frente do brasileiro e ex-top do WCT Tomas Hermes (11,84) e do japonês Shun Murakami (11,10).

    Finalizada a 2.ª ronda, a prova avançou para a 3.ª ronda, mas já estava o heat 2 na água, quando uma tempestade irrompeu pela praia, obrigado o campeonato a parar. Mais tarde ainda foi finalizado o heat, mas a prova acabou por terminar por aí. Dessa forma, os restantes 10 heats da ronda deverão ser realizados no sábado de manhã.

    Quando a prova retomar Frederico Morais será o primeiro a entrar na água. O surfista português vai enfrentar no heat 3 o norte-americano Jake Marshall, o espanhol Ruben Vitoria e o australiano Jack Robinson. No heat 5 será a vez de Afonso Antunes medir forças com o costarriquenho Carlos Muñoz, com o francês Maxime Huscenot e com o peruano Alonso Correa.

    Por fim, Vasco Ribeiro regressa à água no heat 11, o penúltimo da 3.ª ronda, onde vai enfrentar o norte-americano Evan Geiselman, o neozelandês Te Kehukehu Butler e ainda o sul-africano e ex-top do WCT Michael February. Apenas os dois melhores avançam para a 4.ª ronda, onde já só estarão em prova os 24 melhores surfistas deste Azores Airlines Pro.

    Este sábado prevê-se assim um dia frenético, com o swell a subir quase até aos 2 metros e com três portugueses na luta por importantes pontos para o ranking WQS, numa parte final da temporada onde se começa a decidir a qualificação para o WCT 2020.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram