Homepage

  • Juniores portugueses atacam título europeu em França
    15 julho 2019
    arrow
  • Em prova vão estar um total de 27 surfistas portugueses. Do lado feminino estão 7 competidores, enquanto nos rapazes serão 20 os representantes nacionais.
  • O circuito Europeu Pro Junior, da World Surf League, começa a entrar na fase das decisões e esta quarta-feira os melhores juniores portugueses rumam até ao sudoeste francês para a quarta e penúltima etapa, o novíssimo Quiksilver Junior Pro 40, que se irá realizar nas famosas praias de Capbreton, Hossegor e Seignosse.

    À semelhança do que se passa na etapa francesa do WCT, esta também será uma prova que permitirá que os melhores jovens europeus surfem os preciosos beachbreaks do sudoeste francês. Até domingo a competição será intensa e com alguns portugueses na luta pelos lugares cimeiros do ranking.

    Em prova vão estar um total de 27 surfistas portugueses, sendo que os heats devem estar prestes a ser conhecidos. Do lado feminino estão 7 competidores, enquanto nos rapazes serão 20 os representantes nacionais.

    No lado feminino Mafalda Lopes chega às ondas gaulesas como líder destacada do ranking, podendo colocar uma mão no título já nesta prova. A jovem da Caparica está com mais 370 pontos que a britânica Ellie Turner e já com uma vantagem de cerca de 1000 pontos para a restante concorrência.

    Com a etapa final a poder acontecer nos Açores em setembro, esta será uma prova decisiva para as aspirações de Mafalda. Um novo resultado forte em França, depois de já ter sido vencedora em La Torche, vice-campeã na Caparica e 5.ª em Espinho, poderá ser determinante nas contas finais, não só do título como para a qualificação para o Mundial Júnior da WSL – apenas as duas primeiras do ranking garantem vaga.

    Destaque ainda para o 9.º posto de Carolina Santos, que também está na luta pelos lugares cimeiros do top. A surfista das Caldas da Rainha conta já com um 3.º posto na etapa de Espinho e procura agora outro resultado sonante que a possa embalar para um bom final de temporada.

    Já do lado masculino as contas são mais complexas. Ainda assim, Afonso Antunes surge num positivo 5.º lugar, que ainda lhe dá margem de manobra para lutar pelo título, além de tentar a vaga direta para o Mundial – só os quatro primeiros conseguem. Afonso está já a mais de mil pontos o líder, o francês Kauli Vaast, mas um triunfo pode relança-lo na luta.

    Afonso até começou a temporada em grande forma, com um 2.º lugar em Espinho, mas depois registou apenas 17.ºs lugares nas duas etapas seguintes. Ainda assim, está dentro do top 5 e uma ponta final ao seu melhor nível pode ser suficiente para que Portugal volte a ter representantes masculinos no Mundial Júnior da WSL, algo que já não acontece há três anos.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas