Homepage

  • Finalistas decididos em Margaret com tubarão pelo meio
    03 junho 2019
    arrow
  • Também houve lugar para o drama, com Leo Fioravanti e Jadson Andre a lesionarem-se na passagem por The Box.
  • Foi um fim-de-semana bem agitado e emotivo no Oeste australiano, com dois dias recheados de ação e que ajudaram a definir os finalistas do Margaret River Pro, a quarta etapa do WCT 2019. Entre certezas, como o líder mundial John John Florence e Kolohe Andino, e algumas surpresas, como Caio Ibelli, houve ainda espaço para alguns super heats em The Box e também para o surgimento de um tubarão no lineup.

    A 3.ª ronda teve início em The Box e logo com um super tubos de Italo Ferreira, que viria a dar o mote para o resta da ação. Pelo meio, Caio Ibelli surpreendeu Medina, deixando o campeão mundial com vida muito difícil na defesa do título. Também Filipe Toledo foi surpreendido precocemente por um super Jack Robinson.

    Também houve lugar para o drama, com Leo Fioravanti a lesionar-se logo no aquecimento, deslocando o braço numa bomba. Depois, tudo terminou com um super drop de Jadson Andre que lhe valeu uma visita ao fundo do reef. Os últimos três heats da ronda viriam a ser disputados já no Main Break.

    No dia seguinte foi lá que a ação se desenrolou e além do percurso em ascendente de nomes como John John, que bateu Italo, ou Julian Wilson, que consegue aqui o primeiro grande resultado da temporada, o grande destaque foi novamente Caio Ibelli. O surfista brasileiro começou por derrotar Kelly Slater nos oitavos-de-fina, seguindo-se uma vitória frente a Jordy Smith nos quartos-de-final.

    Foi logo após esse grande embate que regressou o susto a Margaret River, com um tubarão a ser visto perto da zona de prova e a obrigar à pausa na competição. Seth Moniz e Kolohe Andino não ganharam para o susto. A prova ainda retomou para ajudar a definir todos os semifinalistas.

    Na primeira meia-final John John Florence vai ter um duelo frente ao underdog do evento, Caio Ibelli, enquanto do outro lado Kolohe tem de enfrentar Julian. Se John John corre para sair da West Oz cada vez mais líder, Kolohe tenta encurtar distâncias, uma vez que o norte-americano já tem a vice-liderança do ranking na mira e ainda pode sair na liderança.

    Do lado feminino a ação também foi de grande nível, embora sem ida a The Box. Destaque principal para a prestação de Lakey Peterson, que eliminou Steph Gilmore nos quartos-de-final, podendo dar origem a nova troca na liderança do ranking. Quem também perdeu nessa fase foi a norte-americano a número 2 mundial Caroline Marks, que foi eliminada por Sally Fitzgibbons.

    Nas meias-finais Tatiana Weston-Webb enfrenta Sally, enquanto Carissa Moore defronta Peterson. Em jogo está muita coisa, pois tanto Carissa Moore como Sally podem alcançar a liderança do ranking, enquanto as rivais procuram encurtar distâncias para a frente, depois de um começo de temporada atípico.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas