Homepage

  • Razia entre os favoritos no Corona Bali Protected
    20 maio 2019
    arrow
  • Do top 5 mundial apenas Filipe Toledo conseguiu sobreviver a esta 3.ª ronda.
  • A ação no Corona Bali Protected segue de surpresa em surpresa rumo aos quartos-de-final. Os principais favoritos ao título mundial não se têm dado bem nesta terceira etapa do WCT 2019 e liderança do ranking pode conhecer mesmo um novo dono. Isto porque John John Florence foi o primeiro a cair precocemente. No entanto, foram muitos os que acompanharam o havaiano.

    A eliminação de John John aconteceu durante o fim-de-semana e de forma surpreendente. Num dia em que a organização colocou a 3.ª ronda na água, mas não a conseguiu completar, o líder mundial acabou por ser superado pelo francês Joan Duru. Mas não foi a única baixa de peso nesse dia, pois Italo Ferreira também caiu frente a Jack Freestone.

    A ação retomou apenas esta madrugada de segunda-feira e logo com o campeão Gabriel Medina a poder responder perante o fracasso dos rivais. Contudo, o brasileiro foi derrotado de forma não menos surpreendente pelo italiano Leo Fioravanti. As surpresas não ficaram por aí, pois a ronda fechou com a derrota de Jordy Smith perante Jesse Mendes.

    Resumindo, a etapa de Keramas está a servir na perfeição para baralhar as contas do ranking. Isto porque do top 5 mundial apenas Filipe Toledo conseguiu sobreviver a esta 3.ª ronda. Mas Toledo não se limitou apenas a passar rondas, pois tem sido ele o grande destaque do evento, parecendo já embalado para o triunfo.

    Com apenas dois surfistas do top 10 mundial ainda em prova – Toledo e Kolohe -, uma vez que na 4.ª ronda foi a vez de Julian Wilson também ficar pelo caminho frente a Michael Rodrigues, todos os olhares estão agora sobre o surfista brasileiro. Mas nos quartos-de-final Toledo terá pela frente um desafio que está a gerar muitas expectativas, pois enfrenta Kelly Slater.

    O 11 vezes campeão mundial continua a somar triunfos em Keramas e, desta vez, elevando ainda mais o nível. Após bater Owen Wright na ronda 3, Slater teve de vencer um duro duelo frente a Michel Bourez na ronda seguinte. Bourez até teve a melhor onda do heat, mas feitas as contas Kelly seguiu em frente, sobretudo porque está a ser dos poucos a encontrar tubos entre as famosas rampas indonésias.

    Slater consegue assim chegar aos quartos-de-final pela segunda vez na temporada, apagando já da memória a eliminação de primeira na Gold Coast. E, de repente, pode mesmo chegar-se aos primeiros lugares do ranking, fruto dos surpreendentes resultados que o Corona Bali Protected está a oferecer. O embate com Toledo será uma verdadeira final antecipada.

    Os outros duelos irão colocar frente a frente o brasileiro Michael Rodrigues e o australiano Wade Carmichael, o francês Jeremy Flores e o norte-americano Kolohe Andino e o australiano Adrian Buchan e o japonês Kanoa Igarashi, que também está a andar muito bem.

    A verdade é que Toledo e Kolohe são aqueles que estão à espreita para tirar a licra amarela a John John. Mas para tal acontecer têm de continuar a avançar rondas. Se Toledo vencer Slater fica virtualmente com a liderança. Mas se Kolohe vencer o campeonato será ele o líder. Resta esperar para perceber que surpresas a etapa indonésia ainda nos reserva.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram