Homepage

  • Quatro portugueses avançam para a 3.ª ronda em Santa Cruz
    08 abril 2019
    arrow
  • O lisboeta Luís Perloiro foi o melhor entre os lusos, vencendo o seu heat da segunda ronda e estando por isso já apurado para a fase seguinte da competição.
  • Não há tempo a perder e, com ondas de qualidade à disposição da organização de prova nesta segunda-feira, o Pro Santa Cruz 2018 presented by Noah Surf House, etapa de categoria 3000 do circuito mundial de qualificação (QS) da World Surf League (WSL), completou as duas primeiras rondas, num total de 24 heats.

    Entre pingos de chuva e momentos de muito sol, a praia do Mirante proporcionou ondas o dia inteiro, permitindo aos surfistas escolher entre dois picos diferentes na praia, ambos com ondas de qualidade, tanto para a direita como para a esquerda, fazendo jus à reputação da região.

    Com muitos portugueses inscritos nesta competição, não foi surpresa que muitos deles se tenham já estreado em ação, ainda que com destinos diferentes, no que acabou por ser um dia agridoce para os favoritos do público.

    O lisboeta Luís Perloiro foi o melhor entre os lusos, vencendo o seu heat (heat 10) da segunda ronda e estando por isso já apurado para a fase seguinte da competição. Num heat de sentido quase único, em que a disputa foi pelo primeiro lugar, o português fez 12.67 pontos (em 20 possíveis) contra os 12.30 do francês Thomas Debierre, 2º, 7.50 do americano Ben Coffey e 7.43 do japonês Naru Wada.

    Com Luís Perloiro, avançaram também para a terceira ronda os compatriotas Nic Von Rupp, que venceu o seu heat, para além de Pedro Henrique e Pedro Coelho, que passaram em segundo lugar. Henrique Pyrrait, Jácome Correia, Eduardo Fernandes, Frederico Magalhães, Ruben Gonzalez e Francisco Almeida, que tinha ganho o seu heat da primeira ronda, foram eliminados. Na primeira fase, tinham sido já eliminados Francisco Carrasco, Miguel Matos e Gonçalo Vieira.

    A competir pelo terceiro ano em Santa Cruz, o brasileiro Samuel Igo De Souza foi o melhor do dia, alcançando um somatório de 14.10 pontos, para os quais muito contribuiu a nota excelente de 8.33. A pouca distância do brasileiro ficou o britânico Luke Dillon, autor de 13.97 pontos.

    No próximo dia de competição começam a entrar em acção surfistas de melhor seeding, destacando-se os portugueses Tomás Fernandes, Miguel Blanco e Diogo Martins, para além do francês Marc Lacomare e do norte-americano Michael Dunphy.

    Para amanhã, na mesma praia, a chamada está marcada para as 9:00 da manhã.

    Resultados completos e transmissão em direto em www.worldsurfleague.com e na APP da WSL.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram