Homepage

  • Portugueses a subir no ranking do WQS
    23 abril 2019
    arrow
  • A armada lusa vai voltar a entrar em ação dentro de dias, com duas importantes provas a realizarem-se já no final de abril: um QS6000 no Japão e um QS3000 na Indonésia.
  • Terminadas que estão as duas primeiras provas portugueses da temporada do WQS 2019, o balanço é positivo para a armada lusa, com vários surfistas portugueses a subir posições no ranking. O destaque vai para a presença de três surfistas portugueses no top 50 mundial e dois surfistas no top 20 masculino.

    Do lado dos homens, Frederico Morais, que conseguiu venceu o QS3000 de Santa Cruz, é o melhor representante nacional, ocupando o 16.º posto, a apenas 6 lugares de entrar no cut. Kikas já conta com 5050 pontos e está em boa posição para atacar o regresso ao WCT na segunda metade do ano.

    Cinco lugares abaixo está Vasco Ribeiro, no 21.º posto, também ele bem posicionado já nesta fase do ano. Vasco beneficiou dos 5.ºs lugares alcançados em Santa Cruz e Caparica para trepar algumas posições, estando atualmente com 4920 pontos, apenas 120 pontos atrás de Frederico.

    Mas Portugal tem ainda outro representante no top 100 mundial, com Miguel Blanco a subir 24 posições até ao 93.º posto. Depois, há um surfista português no top 200 mundial, com Pedro Coelho no 144.º posto. Seguem-se Tomás Fernandes (222.º), Diogo Martins (239.º), Luís Perloiro (267.º), Gonçalo Vieira (283.º), Marlon Lipke (295.º) e Eduardo Fernandes (295.º), todos dentro do top 300 mundial.

    Já do lado feminino, Carol Henrique continua como a melhor portuguesa do ranking, depois de ter conseguido um 5.º lugar na Caparica. Carol subiu uma posição no ranking, estando agora no 26.º posto, com 3360 pontos, a cerca de 3000 mil do cut. Segue-se Camilla Kemp no 35.º posto e Teresa Bonvalot, que foi 3.ª na Caparica, no 38.º posto.

    Já fora do top 100 mundial surge Leonor Fragoso, na 107.ª posição, Yolando Hopkins, no 125.º posto, Mariana Assis, no 146.º posto, Concha Balsemão, no 161.º lugar, e Mafalda Lopes, no 182.º posto.

    A armada lusa vai voltar a entrar em ação dentro de dias, com duas importantes provas a realizarem-se já no final de abril: um QS6000 no Japão e um QS3000 na Indonésia. No início de maio serão vários os portugueses a rumar ao País Basco para competir no QS1500 de Zarautz.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram