Homepage

  • Portugueses somam vitórias no arranque do Senegal Pro
    28 março 2019
    arrow
  • Na prova feminina a armada lusa esteve em maior destaque, começando logo com um triunfo de Camilla Kemp no heat 4, depois de somar 12,65 pontos.
  • Arrancou esta quinta-feira o Senegal Pro, um QS1500 que se disputa pela primeira vez em Dakar, com a armada lusa a estar em destaque. Após a realização da ronda inaugural masculina e feminina as cores nacionais garantiram dois triunfos, aos quais se juntaram mais três qualificações. Pelo caminho ficaram já três surfistas portugueses.

    Após um dia sem prova, a competição acabou por ser mudada de Surfers Paradise para a direita de Ngor, situada numa ilha com o mesmo nome. Uma mudança que obrigou a organização a utilizar estruturas “à antiga”, colocadas em barcos perto do pico.

    Tudo começou com a prova masculina onde Francisco Carrasco e Miguel Matos ficaram pelo caminho. Já Diogo Martins e Gonçalo Vieira conseguiram qualificar-se ambos no 2.º posto dos respetivos heats, juntando-se assim a Pedro Coelho na 2.ª ronda da prova africana.

    Gonçalo Vieira vai ser o primeiro a entrar em cena na 2.ª ronda, estando no heat 5 com os franceses Tim Bisso e Thomas Debierre e com o senegalês Thierno Sambe. No heat 6 está Diogo Martins, que enfrenta o francês Leo Paul Etienne, o alemão residente em Portugal Dylan Groen e o basco Iker Amatriain.

    Já Pedro Coelho, que entrou nesta prova com o estatuto de top seed, compete no heat 7, onde vai medir forças com os franceses Ugo Robin e Mathis Crozon e ainda com o senegalês Sidy Camara.

    Na prova feminina a armada lusa esteve em maior destaque, começando logo com um triunfo de Camilla Kemp no heat 4, depois de somar 12,65 pontos. “Estou satisfeita pelo surf que apresentei e pela forma como as coisas correram”, começou por dizer a campeã nacional à WSL. “Estar aqui é uma verdadeira aventura e este é um evento bem diferente de todos os outros”, frisou.

    Depois disso a armada lusa ainda perdeu o contributo de Mariana Assis, mas tudo voltou ao normal no heat 8, onde Carol Henrique selou o triunfo, sendo secundada por Leonor Fragoso. A armada lusa vai assim com três surfistas para a 2.ª ronda feminina, onde já só estão em prova 16 atletas.

    Na próxima ronda Camilla Kemp vai estar no heat 2, onde compete frente à basca Nadia Erostarbe, à canária Laura Coviella e à sul-africana Tanika Hoffman. No heat 3 compete Leonor Fragoso frente à basca Leticia Canales Bilbao, à japonesa Emily Nishimoto e à francesa Uhaina Joly. Por fim, Carol entra no heat 4 e tem pela frente as britânicas Peony Knight e Lucy Campbell e ainda a espanhola Lucia Martino.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram