Homepage

  • Americanos dominam arranque do WQS
    20 janeiro 2019
    arrow
  • Após a realização das duas primeiras provas do ano, os Estados Unidos contam já com três vitórias.
  • Após o domínio absoluto da nação brasileiro nos últimos anos, tanto a nível do WQS como do WCT, que apenas tem sido incomodado pelos históricos australianos, a armada norte-americana – há muito órfã de um real sucessor de Kelly Slater – parece estar a acordar. Pelo menos, o arranque da temporada 2019 do WQS foi totalmente dominada por surfistas da terra do Tio Sam.

    Após a realização das duas primeiras provas do ano, os Estados Unidos contam já com três vitórias. Em Israel, onde se realizou a primeira prova da temporada, Eithan Osborne foi mais forte que tudo e todos para vencer o importante QS3000 de Netanya. Um triunfo que lhe vale a liderança madrugadora do ranking WQS.

    O jovem surfista californiano, que na temporada passada terminou dentro do top 150 mundial, alcançou assim a primeira vitória da carreira no WQS, depois de ter batido na final o francês Tristan Guilbaud. A França e os Estados Unidos dominaram mesmo este evento, uma vez que o gaulês Jorgann Couzinet dividiu o 3.º posto com o norte-americano Cole Houshmand.

    Em simultâneo, este fim-de-semana também foram coroados os vencedores do Florida Pro, um QS1500 masculino e QS3000 feminino que se disputou na famosa praia de Sebastian Inlet. E foi por pouco que não foram as mesmas caras do ano passado a subir ao lugar mais alto do pódio desta segunda etapa do ano.

    Nas mulheres o triunfo sorriu a Caroline Marks. A rookie do WWT em 2018 dominou a prova do início ao fim e repetiu o triunfo alcançado no ano passado. Na final, a talentosa goofy bateu outra das grandes esperanças do surf norte-americano, a jovem Kirra Pinkerton. As portuguesas Carol Henrique e Camilla Kemp terminaram ambas no 17.º posto deste importante evento.

    Já na prova masculina foi por pouco que Evan Geiselman não repetiu o triunfo do ano anterior. O top do WQS conseguiu chegar à final do campeonato, mas acabou por ser travado pelo jovem Noah Schweizer. Esta foi também a primeira vitória de Schweizer no WQS, um feito que o coloca no 5.º posto do ranking logo a abrir a época.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram