Homepage

  • Dois portugueses a competir no Pe’ahi Challenge
    25 novembro 2018
    arrow
  • São esperadas ondas na casa dos 35 pés – cerca de 10 metros – e o espetáculo promete ser de grande nível.
  • A WSL confirmou a “luz verde” para a realização do Pe’ahi Challenge, prova do Big Wave Tour que se realiza na mítica onda de Jaws, na ilha havaiana de Maui. Em prova vão estar dois portugueses, pois a Alex Botelho, que é membro integrante do BWT 2018/19, juntou-se ainda João de Macedo.

    A segunda de três etapas do circuito mundial de ondas grandes realiza-se dias depois do Nazaré Challenge, onde os dois portugueses chegaram à final. Esse resultado, junto com a experiência que tem de várias época como membro da elite mundial das ondas grandes valeram a Macedo um convite para o evento havaiano.

    São esperadas ondas na casa dos 35 pés – cerca de 10 metros – e o espetáculo promete ser de grande nível, tal como aconteceu na temporada passada, com Jaws a oferecer uma das melhores provas da história do BWT. Além da prova masculina, também será disputada a prova feminina, a primeira de duas do circuito.

    Entretanto, já foi revelado o heat draw e a dupla portuguesa vai ter pela frente uma tarefa bem difícil. Alex Botelho estará logo no heat inaugural do campeonato e terá pela frente, nada mais, nada menos, que o havaiano Billy Kemper, campeão mundial em título, e o sul-africano Grant “Twiggy” Baker, bicampeão mundial e líder do circuito após triunfar na Nazaré. A eles juntam-se ainda os australianos Russell Bierke e Ryan Hipwood e o havaiano Mark Healey.

    Já “Massas” estará no quarto e último heat da ronda inaugural, onde terá de medir forças com o havaiano Ian Walsh, vencedor desta prova na última época, e também com o norte-americano Greg Long, que já conta com um título mundial no currículo. O italiano Francisco Porcella e o jovem local Tyler Larronde serão outros dos nomes da bateria, sendo que ainda falta atribuir uma vaga para o campeonato, que estará, precisamente, nesta disputa.

    Com Alex Botelho e João de Macedo a ocuparem, respetivamente, o 4.º e 5.º posto do ranking, um bom resultado em Jaws iria permitir à dupla portuguesa ficar perto der fazer história, pois o surf nacional ficaria na iminência de, pela primeira vez, colocar dois surfistas em simultâneo na elite mundial de ondas grandes.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Galeria