Homepage

  • Os requisitos de Kikas para o Pipe Masters
    22 outubro 2018
    arrow
  • Kikas subiu ao 21.º posto do ranking, um acima do "cut", e parte para o Havai com 10 adversários diretos na luta pela requalificação.
  • Terminado que está o MEO Rip Curl Pro Portugal, falta apenas uma etapa para o final do World Tour 2018, que acontecerá no início de dezembro no Havai, mais concretamente, na mítica onda de Pipeline. E se a luta pelo título mundial está ao rubro, com Gabriel Medina, Filipe Toledo e Julian Wilson ainda na disputa, o que dizer da luta pela requalificação, onde um dos principais intervenientes é o português Frederico Morais.

    Kikas chegou a Supertubos no 22.º posto do ranking mundial, mesmo no limite do cut, mas o 9.º lugar alcançado em Peniche rendeu-lhe a ultrapassagem ao brasileiro Yago Dora e a subida ao 21.º posto do ranking. Mais confortável? Sim, um pouco. Mas ainda longe de ter garantido o lugar no World Tour 2019. Analisando os números, percebemos que Frederico ainda tem uma dezena de adversários na luta pela requalificação, sendo que o surfista de Cascais apenas tem margem para perder uma posição.

    As contas são complexas, mas Kikas até pode perder de primeira em Pipe, desde que os mais diretos perseguidores também não avancem muito na competição. Já em caso de avançar até à 3.ª ronda, Frederico daria um passo de gigante, ainda que não de forma definitiva, para assegurar a permanência na elite mundial. Isto porque um 13.º lugar no Havai iria aumentar os requisitos da concorrência.

    Embora, matematicamente, chegar à 3.ª ronda não garanta automaticamente a requalificação, a lógica diz-nos que isso seria possível. Até porque se conseguir isso, Kikas chegaria aos 12 heats superados em 2018. Apesar de não ser uma conta certa, é conhecida a teoria entre os próprios tops mundiais de que passar 12 heats num ano deverá chegar para a qualificação. É apenas uma teoria, nada de exato, mas que poderá bater novamente certo este ano.

    No entanto, para descansar os portugueses, e permitir que larguemos a calculadora, o 9.º lugar seria já um prego na qualificação. Mesmo sem ser matematicamente certo – vai depender dos resultados dos concorrentes diretos -, a verdade é que chegando a essa fase da prova, Kikas iria ficar próximo da barreira dos 23 mil pontos, o que poderia originar uma ultrapassagem no ranking a Griffin Colapinto, Zeke Lau e Sebastian Zietz, desde que estes não passassem qualquer ronda.

    Tudo o que seja melhor que 9.º lugar acaba por ser praticamente um certificado de qualificação, uma vez que, mesmo podendo ainda ser ultrapassado por mais que um dos adversários diretos, Kikas também acabaria por poder passar outros que estão mais à frente no ranking.

    Resta relembrar que, além dos 10 adversários diretos – 9 se contarmos com o facto de Joel Parkinson se ir retirar -, Frederico Morais vai ter ainda de enfrentar o passado na temida bancada de Pipeline, onde nunca passou qualquer ronda. Quebrar esse enguiço seria, desde logo, um passo importante rumo à permanência na elite.

    Por fim, frisar apenas que, para já, as únicas certezas são as de que Keanu Asing e os suplentes Miguel Pupo e Wiggolly Dantas são os únicos surfistas dos que estão aptos a competir que já não podem apanhar Kikas no ranking. Asing e Dantas já estão mesmo relegados do Tour, pois, matematicamente, já não conseguem chegar ao registo de Yago Dora (22.º). Mas Pupo ainda pode…

    Eis as contas:


    Se Kikas for 25.º (19.645 pontos):

    - Yago Dora iguala Kikas com um 13.º e passa com um 9.º;

    - Joan Duru precisa de um 9.º lugar para passar Kikas;

    - Matt Wilkinson e Tomas Hermes precisam de um 5.º lugar para passar Kikas;

    - Connor O’Leary precisa de um 5.º lugar para igualar Kikas e de um 3.º para superar;

    - Pat Gudauskas e Joel Parkinson* precisam de um 3.º lugar para superar Kikas;

    - Jesse Mendes, Ian Gouveia e Michael February precisam de vencer para ultrapassar Kikas;

     

    Se Kikas for 13.º (20.890 pontos):

    - Yago Dora precisa de ser 9.º para superar Kikas;

    - Joan Duru precisa de ser 5.º para superar Kikas;

    - Matt Wilkinson, Tomas Hermes e Connor O’Leary precisam de um 3.º para superar Kikas;

    - Pat Gudauskas e Joel Parkinson* precisam de um 2.º para superar Kikas;

    - Jesse Mendes, Ian Gouveia e Michael February precisam de vencer para ultrapassar Kikas;

     

    Se Kikas for 9.º (22.925 pontos):

    - Yago Dora precisa de ser 3.º para superar Kikas;

    - Joan Duru, Matt Wilkinson e Tomas Hermes precisam de ser 2.º para superar Kikas;

    - Connor O’Leary, Pat Gudauskas e Joel Parkinson* precisam de vencer para superar Kikas;

    - Jesse Mendes, Ian Gouveia e Michael February ficam automaticamente impossibilidade de superar Kikas;

     

    Se Kikas for 5.º (23.970 pontos):

    - Yago Dora precisa de ser 3.º para superar Kikas;

    - Joan Duru precisa de ser 2.º para superar Kikas;

    - Matt Wilkinson, Tomas Hermes, Connor O’Leary, Pat Gudauskas e Joel Parkinson* precisam de vencer para superar Kikas;

    - Jesse Mendes, Ian Gouveia e Michael February ficam automaticamente impossibilidade de superar Kikas;

     

    Se Kikas for 3.º (25.310 pontos):

    - Yago Dora precisa de ser 2.º para superar Kikas;

    - Joan Duru e Matt Wilkinson precisam de vencer para superar Kikas;

    - Tomas Hermes, Connor O’Leary, Pat Gudauskas, Joel Parkinson*, Jesse Mendes, Ian Gouveia e Michael February ficam automaticamente impossibilidade de superar Kikas;

    *Joel Parkinson vai retirar-se no final da temporada

     

    Nestas contas de todos os cenários da qualificação, é ainda importante sublinhar que em caso de empate, se os resultados forem todos iguais, conta o melhor ranking do WQS. Algo que até poderá acontecer entre Kikas, Yago Dora e Connor O’Leary - neste momento Kikas é 41.º e está um lugar à frente de Dora, separados por apenas 100 pontos; mais longe está Connor O’Leary, no 78.º posto.

    Resumindo, é sempre bom que Frederico também aposte muitas fichas nos dois QS10000 havaianos, em Haleiwa e Sunset, onde, além de poder garantir a requalificação pelo ranking do WQS, ainda pode ganhar vantagem sobre a concorrência em caso de desempate. E, aí, já a história joga bastante a favor do nosso guerreiro…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram