Homepage

  • Caparica consagra campeões sem portugueses
    29 março 2018
    arrow
  • Camila Costa foi a melhor surfista nacional, depois de ter terminado a final da etapa do Pro Júnior Europeu no quarto posto.
  • Não houve qualquer triunfo português no dia final do Caparica Pro e Caparica Júnior Pro. A Costa de Caparica consagrou um espanhol, uma israelita e dois franceses pelas várias provas, com o melhor resultado de um surfista nacional a ser o 4.º posto alcançado por Camila Costa na final da prova feminina do Pro Júnior Europeu.

    Camila viu a israelita Anat Leilor vencer a competição, naquela que foi a primeira vitória na WSL por parte de um surfista desta nação. A espanhola Melania Suarez Diaz, que vinha de um triunfo em Espinho, ficou no segundo posto e assumiu a liderança do circuito. Já a basca Nadia Erostarbe terminou na 3.ª posição.

    Na prova júnior masculina foi o francês Marco Mignot o grande campeão, depois de superar os compatriotas Tiago Carrique, Thomas Debierre e Erwan Blouin. Com este triunfo Mignot assumiu a liderança do ranking, dividindo-a com o compatriota Mathis Crozon, que depois de vencer em Espinho terminou em 5.º na Caparica.

    Já no QS1000 as portuguesas que ainda estavam em prova, Carol Henrique e Camilla Kemp, perderam nas meias-finais, terminando ambas no 5.º posto. O triunfo acabou por sorrir à francesa Justine Dupont, que revalidou o título conquistado no ano passado. Dupont superou a israelita Anat Leilor, a basca Nadia Erostarbe e a britânica Ellie Turner.

    Por sua vez, a prova masculina foi vencida pelo basco Imanol Yeregi, que impediu Gony Zubizarreta de revalidar o título na Caparica. Yeregi somou 15 pontos contra 13,57 do galego que reside em Portugal. Na final estiveram ainda o francês Ugo Robin, que terminou em 3.º lugar, e o canário Yael Peña, que foi 4.º classificado.

    Esta quinta-feira foi ainda dia de coroar os campeões da prova de Longboard a contar para o circuito mundial da WSL. Do lado feminino foi a havaiana e campeã mundial em título Honolua Blomfield subir ao lugar mais alto do pódio, deixando a francesa Justine Dupont, a brasileira Chloe Calmon e a francesa Alice Lemoigne no 2.º, 3.º e 4.º posto, respetivamente.

    A melhor portuguesa em prova foi a algarvia Maria do Rosário, que perdeu nas meias-finais e terminou no 7.º posto. Kathleen Barrigão e Raquel Bento terminaram ambas no 9.º posto. Na prova feminina o melhor longboarder luso foi João Gama, que terminou no 5.º posto. O campeão da etapa foi o francês Antoine Delpero, com o britânico Ben Skinner a ser 2.º classificado, o uruguaio Julian Schweizer 3.º e o brasileiro Rodrigo Sphaeir 4.º.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram