Homepage

  • Kikas avança em Snappers; John John eliminado
    13 março 2018
    arrow
  • Português bateu Zeke Lau na repescagem e vai agora ter pela frente Kanoa Igarashi na próxima fase do Quiksilver Pro Gold Coast.
  • Foi com as ondas um pouco mais bem formadas, mas ainda pequenas que o Quiksilver Pro Gold Coast voltou à água, num dia inteiramente dedicado à prova masculina. Uma jornada de muitas emoções, que começou logo com a eliminação do bicampeão mundial em título John John Florence e que contou ainda com o triunfo de Frederico Morais e consequente qualificação do surfista português para a 3.ª ronda em Snapper Rocks, na Austrália.

    Depois da desistência de Kelly Slater, por lesão, Kikas viu a listagem de heats ser mudado à última hora e teve de enfrentar Zeke Lau no heat 7 da repescagem, ao contrário do que estava inicialmente previsto, que seria frente ao brasileiro Willian Cardoso. Não sabemos se isso o beneficiou ou não, o que sabemos é que Frederico apresentou-se bastante concentrado, como é seu timbre, e não vacilou na hora de carimbar o triunfo.

    Com um heat bem controlado, de menos a mais, o surfista de Cascais conseguiu aplicar o power que é característico do seu carve de frontside nas direitas de Snappers e somou 12,16 pontos. Foi mesmo na última onda que Kikas mais se mostrou, conseguindo um 6,33. Uma pontuação que foi suficiente para bater os 9,90 pontos do havaiano Zeke Lau, que ficou assim pelo caminho nesta prova inaugural do World Tour 2018.

    Agora, Frederico Morais vai competir frente a Kanoa Igarashi no heat 8 da 3.ª ronda. Apesar de ter terminado à frente de Kanoa em 2017, esta é uma das pedras no sapato de Kikas no Tour, uma vez que o surfista norte-americano, que este ano passou a representar o Japão, bateu o português no ano passado em Pipeline, no heat que o impediu de vencer a corrida de rookie do ano.

    Nas restantes baterias a que centrou mais atenções foi logo a primeira, onde o wildcard Mikey Wright soube esperar pelas ondas de set para dar uma verdadeira lição de surf, eliminando de competição, nada mais nada menos, que John John Florence. Um começo de temporada desastroso para o bicampeão mundial em título. Já o grande rival Gabriel Medina não perdeu tempo e no heat seguinte bateu o italiano Leo Fioravanti, avançando para a fase seguinte.

    Outro dos favoritos que já foram para casa foi Matt Willkinson, vencedor desta etapa em 2016. O goofy australiano foi surpreendido pelo sul-africano Michael February, que chegou, viu e venceu, depois de entrar diretamente para a 2.ª ronda, como substituto de Slater. Entre principais lycras vermelhas, de top seeds, apenas se registou mais uma baixa, com Sebastian Zietz a perder para o rookie brasileiro Michael Rodrigues.

    Willian Cardoso, Tomas Hermes e Wade Carmichael foram os outros rookies vencedores da ronda. Por sua vez, Joel Parkinson e Adriano de Souza cumpriram bem com os papéis de favoritos, enquanto Kanoa Igarashi, que eliminou Keanu Asing, e Conner Coffin foram os restantes vencedores da ronda.

    A 3.ª ronda pode ir para a água já esta noite, com Medina a ter a missão de parar o momentum de Mikey Wright. Mas o primeiro heat vai colocar frente a frente Owen Wright e Willian Cardoso.  Kikas só entra no heat 8 e pelo meio existem grandes duelos, como Mick Fanning contra Connfer Coffin ou Filipe Toledo frente a Italo Ferreira. A ação promete aquecer em Snapper Rocks!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Galeria