Homepage

  • Tomás destaca-se no QS6000 de Sydney
    26 fevereiro 2018
    arrow
  • Jovem surfista da Ericeira entrou com tudo no Vissla Sydney Surf Pro, alcançando o oitavo melhor score do dia e juntando-se a Vasco Ribeiro e Frederico Morais na segunda ronda do evento australiano.
  • Começou da melhor forma para as cores nacionais o Vissla Sydney Surf Pro, um QS6000 – o segundo da temporada em ondas australianas -, que decorre na mítica praia de Manly. Logo após o dia final do QS6000 de Newcastle, a ação iniciou-se em Sydney e na primeira ronda masculina Tomás Fernandes esteve em destaque ao conseguir um triunfo.

    O surfista da Ericeira havia perdido de primeira em Newcastle, mas redimiu-se agora em Sydney, conseguindo uma bela performance, que resultou num score de 15,43 – o oitavo melhor do dia, após 24 heats realizados. Tomás levou a melhor sobre o norte-americano Parker Coffin, que também seguiu em frente, e ainda sobre o neozelandês Billy Stairmand e o brasileiro Luel Felipe, ambos eliminados.

    Dessa forma, Tomás Fernandes avançou para a segunda ronda do evento australiano, onde já estavam Vasco Ribeiro e Frederico Morais, que beneficiaram do estatuto de top seeds para iniciarem o evento mais tarde. Tomás vai ser mesmo o primeiro deste trio a entrar em ação na próxima ronda, ao enfrentar o neozelandês Ricardo Christie, o brasileiro Bino Lopes e o francês Charly Martin no heat.

    No heat 18 será a vez de Vasco Ribeiro estrear-se na prova, ele que procura apagar a imagem deixada em Sydney, após uma eliminação de primeira. Vasco vai ter pela frente o ex-top do WCT e rival no circuito europeu Pro-Júnior, o italiano Leo Fioravanti. Mas também medirá forças frente ao japonês Yuji Nishi e ao australiano Mitch Parkinson, sobrinho do antigo campeão mundial Joel Parkinson.

    Por fim, Kikas só entrará em cena no 24.º e último heat desta ronda, tendo pela frente a concorrência do jovem norte-americano Cole Houshmand, um dos wildcards da prova, do também norte-americano Jordy Collins e ainda do australiano Quinn Bruce. Frederico vai tentar dar sequência ao 25.º posto alcançado em Newcastle e, quem sabe, melhorar essa marca, antes de partir para a Gold Coast, onde arranca dentro de dias o World Tour 2018.

    Em Sydney também estarão em prova surfistas portuguesas. Camilla Kemp entra em cena logo na ronda inaugural, estando no heat 4 juntamente com as japonesas Nagisa Tashiro e Emily Nishimoto e ainda com a australiana Tarnea O’Meara. Já a campeã nacional Carol Henrique entra em prova apenas na 2.ª ronda, estando no heat 11, juntamente com a havaiana Summer Macedo, a argentina Josefina Ane e mais uma surfista vinda da ronda inaugural.

    Mas antes de Carol estrear-se, Portugal estará na água representando por Teresa Bonvalot, no heat 2. Teresa vai enfrentar as australianas Felicity Palmateer e Freya Prumm, além de outra surfista vinda da ronda inaugural. Após o excelente 5.º posto alcançado em Newcastle, a jovem de Cascais tenta mais um brilharete na OZ, ela que, por agora, ocupa o 16.º posto do ranking de qualificação mundial para o Women’s World Tour.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reportspreparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Galeria
Outras Notícias Relacionadas