Homepage

  • Kikas termina em 13.º lugar na Gold Coast
    14 março 2018
    arrow
  • Português foi eliminado por Kanoa Igarashi na 3.ª ronda. Agora, volta a entrar em ação no World Tour no final deste mês, novamente na Austrália.
  • O surfista português Frederico Morais abriu a temporada do World Tour 2018 com um 13.º lugar, alcançado esta quarta-feira no Quiksilver Pro Gold Coast, a primeira de três provas do circuito mundial em ondas australianas. A eliminação frente ao japonês Kanoa Igarashi ditou o fim da participação de Kikas em Snapper Rocks.

    Frederico alcançou um somatório de 11,10 pontos (em 20 possíveis) no heat 8 da 3.ª ronda, tendo como notas mais altas um 5,67 (máximo de 10) e um 5,43. Uma pontuação insuficiente perante a performance de Igarashi, que terminou com um score de 15,26.

    Foi a segunda eliminação consecutiva de Kikas frente ao japonês, depois de ter sido ele o responsável pela saída de prova na 2.ª ronda do Pipe Masters do ano passado, num resultado que acabou por impedir o surfista português de alcançar o título de rookie do ano.

    Com este desfecho Frederico Morais angariou 1750 pontos para o ranking mundial, ficando situado no grupo dos 13.ºs classificados, onde também está, por exemplo, o brasileiro e vice-campeão mundial Gabriel Medina. Atrás, no grupo 25.ºs classificados, está ainda o havaiano e bicampeão mundial em título John John Florence.

    O Quiksilver Pro Gold Coast é a prova inaugural do World Tour 2018. A próxima etapa acontece ainda em março e novamente na Austrália. O Rip Curl Pro Bells Beach é a segunda paragem do circuito e tem um período de espera que vai de 28 de março a 8 de abril. Em Bells Beach Kikas vai defender o 5.º lugar alcançado no ano passado.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Galeria