Homepage

  • Vasco avança e alimenta o sonha em Sunset
    02 dezembro 2017
    arrow
  • Portugueses já estão na 4.ª ronda do último evento do ano no WQS e as contas estão a ajudar ao sonho do surfista da Poça em chegar ao WCT.
  • Vasco Ribeiro e Frederico Morais carimbaram o passaporte para a 4.ª ronda do Wans World Cup of Surfing e alimentaram as esperanças portuguesas nesta prova final do WQS que se disputa na mítica onda de Sunset Beach, no Havai. E as contas até estão favoráveis a Vasco Ribeiro para continuar a sonhar com a qualificação para o World Tour 2018.

    Esta sexta-feira realizou-se apenas a 3.ª ronda, em condições novamente exigentes. Kikas foi o primeiro a entrar em cena e sentiu algumas dificuldades perante as condições, tal como todos os outros surfistas do heat 5. O português somou apenas 7 pontos de total, mas foi apenas batido pelo brasileiro Bino Lopes, conseguindo superar o havaiano Logan Bediamol por 20 centésimos e ainda o brasileiro Tomas Hermes.

    Depois no heat 11 foi a vez de Vasco entrar em cena, ele que viu Sebastian Zietz fazer a prestação do campeonato, com um score incrível de 19,17 pontos. Mas o português não se deixou afetar e assegurou o segundo lugar, com 12,33 pontos. Pelo caminho deixou os brasileiros Yago Dora, já qualificado para o CT do próximo ano, e Michael Rodrigues, 11.º do ranking e um dos que lhe complicava as contas. Matou dois coelhos de uma cajadada só.

    Quanto ao sonho de chegar ao Tour, Vasco continua a precisar de vencer em Sunset, o que por si só já é uma tarefa hercúlea, mas beneficiou de várias eliminações de surfistas que estavam em lugares de qualificação ou lá perto, como foram os casos de Keanu Asing, Zeke Lau, Michael Rodrigues e Jorgann Couzinet. Também Nat Young ou Alejo Muniz, que já haviam ficado antes pelo caminho.

    As grandes ameaças ainda em prova são agora Wade Carmichael, que se avançar mais uma ronda fica praticamente qualificado, Pat Gudauskas, Michael February, Leo Fioravanti, Stu Kennedy e Miguel Pupo – este último ainda pode qualificar-se também pelo Tour. Todos os outros serão ultrapassados em caso de triunfo de Vasco Ribeiro. Sim, é uma missão difícil, mas não impossível.

    Na 4.ª ronda Vasco terá pela frente um dos adversários diretos nesta luta, o sul-africano Michael February. No heat 5 estarão ainda o brasileiro Italo Ferreira e o basco Aritz Aranburu. No heat anterior entrará em ação Frederico Morais, que enfrenta o norte-americano Griffin Colapinto, o brasileiro Wiggolly Dantas e o havaiano Makai McNamara.

Galeria