Homepage

  • Miguel Blanco foi o melhor português na China
    20 novembro 2017
    arrow
  • Francês Charly Martin levou a melhor nas ondas de Hainan, triunfando numa das últimas provas do ano. Blanco chegou aos quartos-de-final e conseguiu reentrar no top 200 mundial do ranking WQS.
  • Terminou no passado domingo o Jeep International Hainan Surfing Open, um QS3000 que se disputou na China e que contou com a presença de quatro surfistas portugueses. Miguel Blanco acabou por ser o melhor entre os representantes da armada lusa, terminando o campeonato no 13.º posto, depois de perder nos quartos-de-final.

    Após alguns dias de flat, a organização viu-se obrigada a acelerar a prova, que retomou no heat 5 da 2.ª ronda. Heat que foi vencido por Blanco. Também Tomás Fernandes venceu a respetiva bateria da 2.ª ronda, naquela que foi a estreia no campeonato do surfista da Ericeira. A mesma sorte não teve o açoriano Jácome Correia, que ficou pelo caminho, juntando-se a Luís Perleoiro entre os eliminados.

    Na 3.ª ronda Blanco ficou em 2.º lugar no heat 3, mas voltou a avançar na competição, conseguindo colocar-se entre os 16 melhores surfistas em prova. O mesmo não aconteceu com Tomás Fernandes, que ficou no 3.º posto do heat 6, terminando a prova na 17.ª posição, igualando a melhor pontuação conseguida no WQS em 2017.

    Miguel Blanco voltou a entrar em cena logo no primeiro heat dos quartos-de-final e acabou por não conseguir superiorizar-se à concorrência. Conseguiu apenas um score de 7,90, numa bateria que foi vencida pelo francês Charly Martin (14,10), com o brasileiro Marcos Correa (9,40) a secundá-lo.

    Curiosamente, haveria de ser Martin a vencer em Hainan, depois de uma final em que somou 13,95 pontos, deixando o norte-americano Key Kobayashi, o jovem indonésio Rio Waida e o brasileiro Samuel Pupo no 2.º, 3.º e 4.º lugar, respetivamente. Após uma temporada aquém das expectativas, Martin conseguiu reentrar no top 100 mundial. O mesmo aconteceu com os outros três finalistas.

    Também Miguel Blanco conseguiu na China, num dos últimos eventos do ano, o melhor resultado em 2017 do WQS. Dessa forma, reentrou no top 200 do WQS, onde deverá conseguir terminar o ano. Blanco é o atual número 187, depois de ter somado 840 pontos que o ajudaram a subir 34 posições. Mais à frente está Tomás Fernandes, que subiu 13 posições para o 161.º posto do ranking. Jácome é o 262.º do ranking e Perloiro o 289.º.

Galeria
Outras Notícias Relacionadas