Homepage

  • Yago Dora conquista o Azores Airlines Pro
    08 setembro 2017
    arrow
  • Surfista brasileiro venceu segundo QS6000 da temporada e subiu à vice-liderança do ranking do WQS.
  • Yago Dora conquistou esta sexta-feira o Azores Airlines Pro, ascendendo à vice-liderança do ranking do WQS. Esta foi a segunda vitória da temporada para o surfista brasileiro em etapas QS6000, sendo que em São Miguel foi o mais forte numa final 100 por cento canarinha.

    Depois de já se ter mostrado uns níveis acima da concorrência nos dias anteriores, sobretudo ao surf progressivo que não se cansou de exibir nas rampas açorianas, nesta dia final do Azores Airlines Pro voltou a estar em bom nível, garantindo a subido ao lugar mais alto do pódio.

    Yago Dora, que paradoxalmente ao seu sobrenome está a mostrar cada vez mais veia competitiva, começou o dia a vencer e a dar combinação a Gony Zubizarreta, surfista galego que reside em Portugal e que garantiu nos Açores uma subida para perto do top 30 do ranking.

    Nas meias-finais mais um triunfo folgado para Dora, desta vez frente ao power surfer australiano Wade Carmichael. Na outra meia-final o também brasileiro Michael Rodrigues bateu o compatriota Bino Lopes e garantiu a presença numa final totalmente canarinha.

    Até foi Rodrigues a começar o heat decisivo na frente, mas rapidamente Yago Dora inverteu a situação, vencendo com 13,50 pontos contra 12,27 do rival, que perdia a segunda final de um QS6000 num espaço de uma semana. Ainda assim, este é um resultado que coloca Michael Rodrigues bem dentro do top 10 mundial.

    Já Yago Dora juntou este sucesso ao triunfo que havia conseguido no início do ano em Newcastle na Austrália, subindo à vice-liderança do ranking, onde só é superado pelo compatriota Jesse Mendes, e chegando praticamente à barreira dos 20 mil pontos, o que o poderá colocar praticamente dentro do World Tour 2018. Além dos 6000 mil pontos conquistados, dos Açores levou ainda 25 mil dólares de prémio.

     

Galeria