Homepage

  • Frederico Morais avança com reviravolta no último minuto!
    28 setembro 2017
    arrow
  • A chamada para amanhã, quarto dia de competição, está marcada para as 7:45, na Praia do Guincho, em Cascais.
  • O terceiro dia de competição na praia do Guincho, em Cascais, foi curto para a categoria masculina, que só viu acontecer oito das 12 baterias que compõe o terceiro round do EDP Billabong Pro Cascais. Em ondas com mais de um metro e algum vento da parte da tarde, o nível de surf começou a subir e houve vários momentos perto ou mesmo dentro do campo do excelente.

    Frederico Morais, único português ainda em prova, entrou na água no penúltimo heat do dia e teve de se aplicar para conseguir avançar para a quarta ronda. Contra os brasileiros Willian Cardoso e Victor Bernardo e o costa-riquenho Carlos Muñoz, Morais começou bem, mas com notas mais baixas que os seus adversários. O cascalense guardou as suas melhores pontuações para a fase final do confronto, fazendo um 7.87 e um 6.83 que o fizeram subir ao primeiro lugar, avançando assim para a fase seguinte da competição.

    “Tenho-me divertido no Guincho. Há boas ondas e tem sido bom. O inside é raso e muito desafiante, contudo, se conseguirmos escolher bem o momento, pode ser uma secção para atacar e onde conseguir bons scores. Se não, vamos cair.”

    O dia foi marcado por várias notas excelentes, protagonizadas por surfistas como Kanoa Igarashi, Joan Duru, Cam Richards e, sobretudo, Wade Carmichael. O surfista australiano, na quarta bateria da terceira ronda, fez mesmo a melhor pontuação total do dia, 16.60 pontos (num total de 20 possíveis), deixando Ítalo Ferreira em 2º e eliminando da competição o costra-riquenho Noe Mar McGonagle e o neo-zelandês Ricardo Christie.

    “Durante toda a bateria não conseguia ouvir as notas que estava a ter pelo que não parei de apanhar ondas. Esta manhã tive a pior sessão de treino de sempre e depois um longo período de espera até surfar, pelo que estava algo nervoso. Mas eu queria apanhar ondas! Estes eventos 10.000 e os últimos dois 6.000 são muito difíceis pelo que temos de estar em topo de forma e fazer boas ondas” explicou o surfista.

    Pela negativa, destaque para as derrotas do francês Jeremy Flores, finalista vencido do ano passado e surfista do circuito mundial e Connor O’Leary, atual nº10 no Mundo. Na bateria de O’Leary, o francês Jorgann Couzinet, um dos surfistas em maior destaque no QS desta temporada, também foi eliminado.

    A chamada para amanhã, quarto dia de competição, está marcada para as 7:45, na Praia do Guincho, em Cascais.

    EDP BILLABONG PRO CASCAIS ROUND 3 RESULTS:

    Heat 1: Cam Richards (USA) 14.30, Alex Ribeiro (BRA) 12.54, Michael Dunphy (USA) 11.10, Jeremy Flores (FRA) 7.60

    Heat 2: Kanoa Igarashi (USA) 14.63, Stuart Kennedy (AUS) 14.53, Joshua Moniz (HAW) 10.83, Patrick Gudauskas (USA) 10.53

    Heat 3: Joan Duru (FRA) 15.73, Deivid Silva (BRA) 12.33, Davey Cathels (AUS) 12.10, Parker Coffin (USA) 6.94

    Heat 4: Wade Carmichael (AUS) 16.60, Italo Ferreira (BRA) 13.36, Noe Mar McGonagle (CRI) 12.87, Ricardo Christie (NZL) 6.77

    Heat 5: Mikey Wright (AUS) 13.60, Jadson Andre (BRA) 13.33, Connor O'Leary (AUS) 12.06, Jorgann Couzinet (FRA) 10.90

    Heat 6: Kalani Ball (AUS) 11.80, Keanu Asing (HAW) 11.53, Thiago Camarao (BRA) 10.56, Mihimana Braye (PYF) 10.53

    Heat 7: Frederico Morais (PRT) 14.70, Willian Cardoso (BRA) 13.77, Victor Bernardo (BRA) 11.30, Carlos Munoz (CRI) 10.50

    Heat 8: Leonardo Fioravanti (ITA) 15.00, Tomas Hermes (BRA) 12.40, Tanner Hendrickson (HAW) 11.36, Adam Melling (AUS) 11.06

    REMAINING EDP BILLABONG PRO CASCAIS ROUND 3 MATCH-UPS:

    Heat 9: Maxime Huscenot (FRA), Ethan Ewing (AUS), Hiroto Ohhara (JPN), Marc Lacomare (FRA)

    Heat 10: Jackson Baker (AUS), Jesse Mendes (BRA), Nat Young (USA), Caio Ibelli (BRA)

    Heat 11: Alejo Muniz (BRA), Miguel Pupo (BRA), Michael February (ZAF), Ryan Callinan (AUS)

    Heat 12: Mateus Herdy (BRA), Griffin Colapinto (USA), Cooper Chapman (AUS), Ezekiel Lau (HAW)

Galeria