Homepage

  • Frederico Morais à espera de competir
    29 setembro 2017
    arrow
  • A chamada para amanhã, Sábado, dia 30, está marcada para as 7:45 na praia de Carcavelos
  • A competição não pára no EDP Billabong Pro Cascais e, pelo quarto dia consecutivo, a categoria masculina foi à água na praia do Guincho, para terminar a terceira ronda e dar início à quarta fase desta prova do circuito mundial de qualificação da World Surf League (WSL). Com ondas mais pequenas e algum vento da parte da tarde, a organização optou por um dia mais curto, na expectativa de aproveitar uma ondulação interessante que chega à costa portuguesa nos próximos dias.

    O dia abriu com os quatro heats da ronda 3 que estavam por realizar. O brasileiro Jesse Mendes, campeão em título desta prova de categoria 10.000 do QS, voltou a mostrar estar em boa forma, vencendo o seu heat da terceira ronda, contra o norte-americano Nat Young (2º), o brasileiro Caio Ibelli (3º) e o australiano Jackson Baker (4º).

    “As coisas têm-me corrido de feição ultimamente e eu não me importo! É difícil estar em bom ritmo muito tempo. Eu estive em dificuldade durante alguns anos, nos quais conseguia grandes vitórias, mas depois não conseguia outros resultados relevantes. Este ano o meu foco tem sido ser consistente, manter-me em movimento e aproveitar cada momento” explicou o brasileiro.

    Ainda nesta fase, o australiano Ryan Callinan e o norte-americano Griffin Colapinto, dois surfistas que têm estado em evidência no QS nas últimas temporadas, voltaram a apresentar bom surf e qualificaram-se para a quarta ronda com ondas muito próximas de pontuações excelentes.

     O dia terminou com as quatro primeiras baterias da quarta ronda e com os surfistas do World Tour a, mais uma vez, chamar até si os holofotes. Stuart Kennedy, Joan Duru, Jadson André, Ítalo Ferreira e Kanoa Igarashi avançaram para a quarta ronda, acompanhados por Keanu Asing, que já esteve no CT e por Deivid Silva e Wade Carmichael, dois dos surfistas mais consistentes do circuito mundial de qualificação.

    A competição foi interrompida no final do heat 4, precisamente antes da bateria do português Frederico Morais, que fica assim à espera do próximo dia de competição para disputar um lugar nos oitavos de final. O cascalense vai competir no heat 5 contra o brasileiro Tomas Hermes e o australiano Ethan Ewing.

     A chamada para amanhã, Sábado, dia 30, está marcada para as 7:45 na praia de Carcavelos, palco principal do EDP Billabong Cascais Pro.

    EDP BILLABONG PRO CASCAIS RESULTADOS ROUND 3:

    Heat 9: Maxime Huscenot (FRA) 12.60, Ethan Ewing (AUS) 12.57, Hiroto Ohhara (JPN) 9.30, Marc Lacomare (FRA) 8.83

    Heat 10: Jesse Mendes (BRA) 12.20, Nat Young (USA) 12.06, Caio Ibelli (BRA) 11.27, Jackson Baker (AUS) 10.77 

    Heat 11: Ryan Callinan (AUS) 14.00, Alejo Muniz (BRA) 12.60, Miguel Pupo (BRA) 9.57, Michael February (ZAF) 8.20

    Heat 12: Griffin Colapinto (USA) 15.77, Ezekiel Lau (HAW) 13.90, Cooper Chapman (AUS) 10.36, Mateus Herdy (BRA) 9.96

     EDP BILLABONG PRO CASCAIS RESULTADOS ROUND 4:

    Heat 1: Stuart Kennedy (AUS) 14.83, Deivid Silva (BRA) 11.60, Cam Richards (USA) 10.67

    Heat 2: Joan Duru (FRA) 15.36, Kanoa Igarashi (USA) 12.80, Alex Ribeiro (BRA) 10.80

    Heat 3: Keanu Asing (HAW) 12.47, Wade Carmichael (AUS) 12.23, Mikey Wright (AUS) 11.40

    Heat 4: Jadson Andre (BRA) 12.33, Italo Ferreira (BRA) 12.10, Kalani Ball (AUS) 7.27

    EDP BILLABONG PRO CASCAIS ROUND 4 POR REALIZAR:

    Heat 5: Frederico Morais (PRT), Tomas Hermes (BRA), Ethan Ewing (AUS)

    Heat 6: Leonardo Fioravanti (ITA), Willian Cardoso (BRA), Maxime Huscenot (FRA)

    Heat 7: Jesse Mendes (BRA), Ezekiel Lau (HAW), Ryan Callinan (AUS)

    Heat 8: Griffin Colapinto (USA), Nat Young (USA), Alejo Muniz (BRA)

Galeria
Outras Notícias Relacionadas