Homepage

  • Armada lusa cede no QS6000 de Pantín
    31 agosto 2017
    arrow
  • Dos seis surfistas em prova apenas sobra Carol Henrique que ainda não se estreou na prova feminina na Galiza.
  • Não começou da melhor forma a participação portuguesa no QS6000 de Pantín, com cinco dos seis representantes nacionais a já estarem eliminados após o segundo dia de competição. Apenas sobra a bicampeã nacional Carol Henrique, que ainda nem sequer se estreou na competição feminina deste Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro.

    O desaire lusitano iniciou-se logo no primeiro dia, quando Teresa Bonvalot e Camilla Kemp acabaram por ser eliminadas na ronda inaugural feminina. Nesse mesmo dia também Tomás Fernandes foi eliminado na ronda inaugural masculina, num heat onde Pedro Henrique conseguiu segurar a passagem à segunda ronda.

    Pedrinho conseguia assim o único sucesso registado até ao momento pelos portugueses no evento galego. Contudo, acabaria por ser eliminado na 2.ª ronda, num heat onde viu o neozelandês Ricardo Christie e o brasileiro Michael Rodrigues seguirem em frente e acabando por não passar por uma diferença de apenas 57 centésimos.

    Já antes disso havia sido a vez de Vasco Ribeiro ser eliminado, ele que entrou diretamente para a segunda ronda. O surfista da Poça andou fora do ritmo da bateria e só no final conseguiu reagir, mas ficando longe dos registos do francês Nomme Mignot e do brasileiro Lucas Silveira, que seguiram em frente.

    Dessa forma, Portugal já não terá ninguém na terceira ronda masculina, restando agora esperar por melhor sorte para Carol Henrique, que deverá estrear-se esta quinta-feira na prova feminina. No heat 3 da segunda ronda, Carol enfrenta a jovem prodígios norte-americana Caroline Marks, a japonesa Minori Kawai e a peruana Melanie Giunta.

Galeria