Homepage

  • Ondas de gala coroaram vencedores do Special Event do circuito ASCC Caparica Power 2022
    28 novembro 2022
    arrow
    arrow
  • O evento em estreia juntou os surfistas do circuito que destacaram-se nas anteriores duas etapas nas categorias Open, Feminino, Sub-21 e Sub-16.
  • Num fim de semana em que teve altas ondas, a Praia do Marcelino acolheu o Special Event do circuito ASCC Caparica Power 2022 sponsored by Almada Forum presented by Billabong powered by Native Açaí e Go Chill.

    Organizado pela Associação de Surf da Costa de Caparica (ASCC), o evento em estreia juntou os surfistas do circuito que destacaram-se nas anteriores duas etapas nas categorias Open, Feminino, Sub-21 e Sub-16.

    Na categoria Open, que englobou os surfistas que vieram das categorias da nova geração (Sub-21 e Sub-16), os finalistas foram Francisco Almeida e Lourenço Alves. O triunfo pendeu para Francisco. O campeão da categoria Sub-21 liderou a final desde muito cedo. Para Lourenço Alves ficou a consolação de ter efetuado a melhor onda de todo o campeonato (9,17 pts) na meia-final diante de Alan Saulo.

    “Tenho vindo a trabalhar a consistência com o meu atual mentor, Fernando Moreira. É algo essencial que me tem faltado noutros campeonatos”, afirmou Francisco Almedia. “Estou contente por ter ganho, faz algum tempo que não acontecia e estava a precisar disto. O objetivo das outras duas etapas era ganhar e não consegui o que deixou-me ainda com mais vontade de vencer este Special Event. Agradeço à ASCC por proporcionar-nos um grande campeonato. Não me lembro de um evento que tenha sido tão bom em termos de ondas. Isso também permitiu que os atletas pudessem mostrar o seu surf ao mais alto nível e fazer scores de excelência”, finalizou.

    Alan Saulo e Ian Costa perderam nas meias-finais, alcançando o terceiro lugar, enquanto o atual campeão nacional Open, Guilherme Ribeiro, bem como Cainã Souza, Gonçalo Vieira e Miguel Lages foram até aos quartos-de-final, já disputados em formato man-on-man.

    Entre as senhoras, assistiu-se igualmente a um duelo entre uma surfista goofy, Erica Máximo e uma regular, Maria Dias. Coube a Erica, atual campeã nacional do Pro Júnior, bater Maria, que foi a campeã do circuito. Beatriz Carvalho e Carlota Chaveiro obtiveram o terceiro posto. 

    “Foi uma final interessante em que estive muito tempo à espera da primeira onda e joguei pelo seguro para começar da melhor forma”, começou por explicar Erica Máxima. “Sabia que não podia relaxar porque a Maria é uma atleta com imensas capacidades. Apesar das outras etapas terem-me corrido mal, senti que tinha de ser agora que tinha de dar tudo com garra. Ganhei e estou muito feliz. É uma motivação forte para o próximo ano. Foi dos melhores campeonatos com altas ondas que apanhei este ano e agradeço à ASCC por nos deixar competir nestes eventos”, concluiu.

    “Não podíamos ter tido um melhor desfecho do circuito Caparica Power com as condições de surf que assistimos nos dois dias de prova”, salientou o presidente da ASCC, Miguel Gomes.

    “As ondas estiveram clássicas e o nível de surf excelente. Foi interessante vermos os atletas da nova geração de Sub-16 e Sub-21 a competirem contra surfistas mais experientes. É importante haver eventos deste género para os mais jovens perceberem o que os espera se ambicionam um dia competirem nas provas nacionais e do circuito mundial de qualificação", rematou.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Competição
  • ascc
  • Circuito ASCC Caparica Power
  • Associação de Surf da Costa de Caparica
  • Portugal
  • Praia do Marcelino
  • Erica Máximo
  • Francisco Almeida
  • Fotografia
    ASCC/Caparica Waves
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 01
Campeonato Nacional de Surf da Ucrânia vai ser realizado em Portugal
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global
janeiro 31
Surf adaptado mantém bem vivo sonho da inclusão nos Jogos Paralímpicos de Los Angeles'2028
fevereiro 01
Índia vai estrear-se no Mundial ISA e já sonha com Paris’2024
janeiro 31
Comunicado da FPS sobre o projeto 'Gestão do Espaço Costeiro'
janeiro 31
Luke Shepardson, o vencedor improvável do Eddie Aikau que passou a ter um dia no Havai com o seu nome