Homepage

  • Marta Paço: 'Para mim, o surf significa independência e alegria' (Entrevista)
    05 outubro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA/Ben Reed/Sean Evans
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A jovem competidora vianense diz que tem o objetivo de 'levar o surf adaptado a mais pessoas'.
  • Quando falamos de surf adaptado em Portugal é impossível não falar de Marta Paço. Natural de Viana do Castelo, tem apenas 17 anos, mas apesar da tenra idade é um verdadeiro exemplo de inspiração e superação para todos nós. Uma pioneira e embaixadora do surf adaptado, que mostrou ao mundo o caminho que pode ser trilhado, apesar de uma conjetura adversa.

    Atual campeã mundial, a competidora vianense tem um novo patrocinador: o Millennium BCP. Durante a apresentação desta parceria, tivemos a oportunidade de estar um pouco à conversa com Marta. Do início no surf adaptado à relação com o inesperável treinador Tiago Prieto, passando por outras temáticas, Marta Paço falou um pouco sobre a bonita história que tem vindo a escrever no surf adaptado.

    Beachcam (BC) - Para ti, o que significa o surf?

    Marta Paço (MP) - Para mim, o surf significa liberdade, independência e também a alegria de poder estar no mar, onde, como costumo dizer, não há obstáculos. Ali, sou completamente livre e igual a todas as outras pessoas.

    BC - Como descreves o momento em que estás a surfar?

    MP - É muito difícil de explicar, mas aquele é um momento em que me sinto em paz absoluta e livre.

    BC - Quando é que começaste a fazer surf?

    MP - Estávamos em 2017 quando o surf entrou na minha vida. A minha mãe tinha um café junto à praia e muitos surfistas costumavam parar por lá. Já convivia com eles, até que houve uma altura em que decidiram-me convidar para experimentar. Aceitei, experimentei e gostei. A partir daí nunca mais parei de fazer surf.

    BC - Como lidas com o facto de seres uma inspiração para muitas pessoas?

    MP - É uma responsabilidade grande que abracei e pretendo continuar a abraçar. Queremos sempre levar o melhor para as outras pessoas. Não são muitas as pessoas com deficiência que fazem desporto em Portugal, pelo que tento levar o surf a mais gente.

    BC - Qual o papel do Tiago Prieto em toda esta tua aventura no surf?

    MP - O Tiago é o meu mentor, o meu segundo pai e às vezes também o meu psicólogo. Acima de tudo é o meu treinador e os meus olhos na água.

    BC - Tens alguma onda que gostas mais de surfar?

    MP - Gosto muito de surfar em casa. Acho que todas pessoas gostam de surfar em casa. Por isso, diria o Cabedelo.

    BC - Para além do surf, o que mais gostas de fazer?

    MP - Sair com os meus amigos, ler e tocar piano. Gosto de fazer muita coisa.

    BC - Que objetivos tens para o futuro?

    MP - Gostava muito de ser novamente campeã do mundo. Vou dar o máximo para isso. Porém, tenho também como objetivo levar o surf adaptado a mais pessoas e fazer com que mais pessoas sintam aquilo que sinto ao surfar.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf Adaptado
  • Surf Clube de Viana
  • Portugal
  • Competição
  • Marta Paço
  • Fotografia
    ISA/Ben Reed/Sean Evans
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 18
Portugal recebe 7º edição da Global Wave Conference
setembro 21
Viana do Castelo acolhe conferência anual da World Surf Cities Network
setembro 20
Viana do Castelo é capital europeia da inclusão com o Blue Surf Festival
setembro 21
Última fase de candidaturas ao curso de Turismo de Surf em Peniche
setembro 20
Quatro distritos do Norte sob aviso amarelo na madrugada de quinta-feira devido à chuva
setembro 20
Joana Schenker já está nos quartos-de-final do Walker Bay Pro
setembro 20
Maior vert ramp da Europa recebe demo no domingo