Homepage

  • Guilherme Ribeiro é o novo campeão nacional de surf!
    30 outubro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Prova feminina foi vencida pela jovem Maria Salgado, que terminou o ano como vice-campeã nacional.
  • Guilherme Ribeiro sagrou-se, este domingo, campeão nacional de surf de 2022. Uma conquista que surgiu após uma final emocionante do Bom Petisco Peniche Pro, a etapa final da Liga MEO Surf, a primeira divisão do surf nacional. Guilherme discutiu o título com Vasco Ribeiro taco a taco e até ao último segundo da final desta etapa. Já depois de a jovem Maria Salgado, de apenas 15 anos, ter carimbado o triunfo na prova feminina, e com o pôr-do-sol a cair no Pico da Mota, Guilherme Ribeiro fechou a temporada com chave de ouro, ao vencer o anterior campeão nacional Vasco Ribeiro por uma diferença de apenas 0,35 pontos.

    Histórico de campeões nacionais nos últimos 5 anos:
    2022 – Teresa Bonvalot e Guilherme Ribeiro
    2021 – Kika Veselko e Vasco Ribeiro
    2020 – Teresa Bonvalot e Frederico Morais
    2019 – Yolanda Hopkins e Miguel Blanco
    2018 – Camilla Kemp e Miguel Blanco
    2017 – Carolina Mendes e Vasco Ribeiro

    Galeria dos Campeões Nacionais no Masculino:
    Vasco Ribeiro – 5 títulos (2011, 2012, 2014, 2017, 2021)
    Ruben Gonzalez – 4 títulos (2004, 2005, 2006 e 2008)
    Frederico Morais – 3 títulos (2013, 2015 e 2020)
    José Gregório – 3 títulos (1997, 2003 e 2007)
    João Antunes – 3 títulos (1994, 1996 e 1998)
    Miguel Blanco – 2 títulos (2018 e 2019)
    Justin Mujica – 2 títulos (1999 e 2010)

    Surfistas com 1 título nacional: Guilherme Ribeiro, Bruno Charneca, Almir Salazar, Rodrigo Herédia, Marcos Anastácio, Paulo Rodrigues, Gustavo Gouveia, Tiago Pires, João Guedes e Pedro Henrique.
     
    A ação retomou pela manhã no Pico da Mota, com a ronda 3 feminina a ir para a água. Nesta fase da prova destacaram-se os triunfos da ex-campeã nacional Carina Duarte e também de Carolina Santos rumo às meias-finais, com as juniores Maria Salgado e Gabriela Dinis a também garantirem vagas na fase seguinte.

    Depois tiveram lugar as Go Chill Expression Session, com Halley Batista a voar mais alto que a concorrência para vencer este troféu pela terceira vez consecutiva na temporada, enquanto do lado feminino foi Gabriela Dinis a sair por cima de uma renhida disputa.
    Após uma pequena pausa, a ação retomou ao início da tarde com as meias-finais femininas, com Gabriela Dinis e Maria Salgado a garantirem a passagem à final, após triunfos frente a Carina Duarte e Carolina Santos, respetivamente. Algo que fez com que se soubesse antecipadamente que o Bom Petisco Peniche Pro teria uma vencedora em estreia na Liga MEO Surf.   

    Só depois aconteceram os quartos-de-final man-on-man e com a luta pelo título entre Guilherme Ribeiro e Vasco Ribeiro em foco e com as condições do mar a alinharem para o final de festa da Liga MEO Surf 2022. Nos quartos-de-final Guilherme Ribeiro superou um duelo equilibrado frente a Francisco Ordonhas, enquanto Vasco Ribeiro venceu de forma folgada Arran Strong, levando a decisão para as meias-finais.

    Na primeira meia-final Guilherme Ribeiro enfrentou Afonso Antunes, enquanto, na seguinte, Vasco Ribeiro mediu forças com Miguel Blanco, com ambos a seguirem para a final. No entanto, por esta altura, era Vasco quem mais brilhava, sobretudo depois de somar 18 pontos nas meias-finais, com uma onda de 9,50 pontos pelo meio.

    Antes da finalíssima pelo título nacional masculino, houve a final da prova feminina, que deu tempo a Guilherme Ribeiro e Vasco Ribeiro de recuperarem o fôlego, após uma intensa disputa ao longo da tarde. A vitória feminina caiu para Maria Salgado, de apenas 15 anos, com uma nota de 8 pontos a acabar por ser decisiva nas contas. Um resultado que garantiu a primeira vitória na Liga MEO Surf à jovem surfista de Santa Cruz, que terminou a temporada como vice-campeã nacional, depois de Teresa Bonvalot ter garantido o título por antecipação na etapa dos Açores.

    “Estou muito feliz e um pouco sem palavras”, começou por dizer Maria Salgado. “Queria que a final me corresse bem e acabou por ser assim. Comecei com uma onda de 8 pontos, a Gabi ainda respondeu com um 7,75, mas consegui uma segunda onda e ganhei. Acabei o ano de forma muito boa. No próximo ano espero continuar a divertir-me desta forma e a fazer ondas boas, como consegui nesta etapa”, frisou.

    A final masculina iniciou-se com um ligeiro ascendente inicial de Vasco Ribeiro, mas a meio da bateria Guilherme Ribeiro mostrou por que razão chegou a esta etapa com a licra amarela Go Chill vestida, virando o marcador com duas ondas seguidas em que mostrou surf muito progressivo. O campeão em título acabou por não ter resposta para o surf de Guilherme Ribeiro, que carimbou o primeiro título nacional Open da carreira, graças àquela que também foi a primeira vitória da carreira em etapas da Liga MEO Surf. Um desfecho emocionante, que acabou com o título decidido por apenas 0,35 pontos e com Gui a sagrar-se o primeiro campeão nacional oriundo da Costa de Caparica desde 1998, quebrando um hiato de 24 anos.

    “Estava a idealizar isto desde os Açores”, começou por dizer Guilherme Ribeiro. “Ganhei com os meus amigos todos cá e com a minha família. Este é, sem dúvida, o melhor ano da minha vida. Entrei para a final a pensar que era o tudo ou nada. Desde o início que queria ganhar a etapa e, finalmente, consegui. Não comecei bem, mas fui na garra e na raça e dei o melhor nas ondas que tive e acabou por ser um super heat”, concluiu o novo campeão nacional.  

    Resultados finais do Bom Petisco Peniche Pro:
    Final masculina: Guilherme Ribeiro 14,75 x Vasco Ribeiro 14,40
    Final feminina: Maria Salgado 14,50 x Gabriela Dinis 11,75
    Go Chill Expression Session feminina: Érica Máximo
    Go Chill Expression Session masculina: Halley Batista
    Joaquim Chaves Saúde Best Wave: Vasco Ribeiro, 9,50 nas meias-finais
    Bom Petisco Girls Score: Maria Salgado, 14,50 na final
    Peniche Best Surfer: Matias Canhoto

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Maria Salgado
  • Guilherme Ribeiro
  • Bom Petisco Peniche Pro
  • liga meo surf
  • Vasco Ribeiro
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Produção diária de energia eólica atingiu novo recorde em Portugal
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023
janeiro 27
Tempo frio vai continuar pelo menos até quinta-feira
janeiro 27
FPS anuncia 'grande mudança' no acesso aos circuitos em 2023
janeiro 26
Cidade chinesa regista temperatura recorde de -53ºC
janeiro 26
Frio fica para o fim de semana: todo o continente vai estar sob aviso amarelo
janeiro 26
FUEL TV lança programa de estágios