Homepage

  • Foi 'muito criticado', mas Guilherme Fonseca reivindicou-se em Huntington Beach: 'Fui acreditando cada vez mais'
    26 setembro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA/Pablo Jimenez
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Arrecadado o cobre em Huntington Beach, Gui assegura que vai "continuar a trabalhar para representar Portugal" no futuro. Diz que tem "muito para dar".
  • No Mundial ISA de 2022,  Guilherme Fonseca foi o surfista português que mais longe chegou no evento da Associação Internacional de Surf (ISA), que representou o primeiro momento de qualificação para os Jogos Olímpicos de Paris'2024. 

    Autor de uma performance incrível durante toda a semana em Huntington Beach, o competidor de Peniche chegou à final da prova via quadro principal, tendo alcançado o quarto lugar.

    Foram heats atrás de heats sem conhecer o amargo sabor da eliminação e a mostrar toda a valia do seu surf, que por exemplo em 2022 já permitiu conquistar a Allianz Triple Crown, o histórico sub-troféu da Liga MEO Surf, a competição que atribui os títulos máximos do surf nacional.

    Em comunicado oficial da Federação Portuguesa de Surf (FPS), Gui explicou ter chegado a "este Mundial com bastante ritmo", mas sem "ter bons resultados". Para melhorar a forma, passou uma temporada no país das ondas perfeitas, lá no Oceano Índico. "Fui para a Indonésia durante dois meses para treinar e optei por não competir nos QS" que abriram a época de 2022/2023 no âmbito europeu.

    Numa das mais emblemáticas praias da história da modalidade, em Huntington Beach, o jogo mudou e reivindicou toda a qualidade do seu surf. "Felizmente, as coisas foram mudando e fui acreditando cada vez mais", disse o medalhado de cobre.

    No heat de todas as decisões, o irmão do bodyboard Daniel Fonseca diz não "ter feito a final que queria", mas assegura que preparou-se "muito durante o ano longe das câmaras", tendo sido "muito criticado por quem não via o meu trabalho".

    "Mas o desporto é assim e vou continuar a ser eu mesmo, a trabalhar para representar Portugal. Tenho 25 anos e muito para dar", assegura Guilherme Fonseca. 

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • FPS
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Competição
  • Guilherme Fonseca
  • Mundial ISA
  • Huntington Beach
  • Portugal
  • Seleção Nacional de Surf
  • Fotografia
    ISA/Pablo Jimenez
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo
novembro 29
38 anos depois, acordou o maior vulcão ativo do mundo
novembro 29
Agitação marítima volta esta quarta-feira com sete distritos sob aviso amarelo
novembro 28
Ondas até 5 metros deixam oito distritos sob aviso amarelo
novembro 28
João Dantas e Frederico Carrilho são campeões nacionais de longboard
novembro 28
Joana Schenker deu palestra sobre o oceano em escola de Faro