Homepage

  • Mais praias interditadas a banhos! Desta vez, em Ílhavo e Matosinhos
    25 agosto 2022
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Análises revelaram presença de um elevado índice de contaminação microbiológica.
  • Esta quinta-feira a costa portuguesa ficou com mais duas praias interditadas a banhos, naquilo que tem sido uma situação cada vez mais recorrente durante o presente mês de Agosto. A praia de Matosinhos e a praia do Jardim Oudinot, na Gafanha da Nazaré, no Município de Ílhavo, estão temporariamente interditadas a banhos, após apresentarem valores valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência.

    De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, a praia de Matosinhos foi interditada a banhos depois das análises à qualidade da água, efetuadas pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), terem revelado valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência, encontrando-se a água imprópria para banhos. Esta interdição irá manter-se até que os resultados das novas análises à qualidade da água indiquem que os valores microbiológicos se encontram dentro dos parâmetros de referência.

    Após ter recebido a informação por parte da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) a desaconselhar a ida a banhos na praia de Matosinhos, o Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Leixões, em colaboração com a Câmara Municipal de Matosinhos, deu instruções para que fosse hasteada a bandeira vermelha e colocados os avisos nos acessos à praia, interditando a ida a banhos.

    Já na terça-feira, a praia do Castelo do Queijo, no Porto, foi interditada a banhos pelo mesmo motivo. Na semana passada, também no distrito do Porto, e devido a valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência, estiveram interditadas a banhos cinco praias em Vila Nova de Gaia e uma na Póvoa de Varzim.

    Mais para o Centro aconteceu situação idêntica em Ílhavo, segundo noticia a agência Lusa, após comunicado da autarquia local. "Esta decisão decorre após a análise à qualidade da água, de 24 de agosto, efetuada pelo Laboratório de Saúde Pública, ter revelado a presença de um elevado índice de contaminação microbiológica, que a torna imprópria para a prática balnear", pode ler-se.

    Quanto à origem da contaminação da água, segundo a mesma fonte "é, neste momento, desconhecida, estando a decorrer averiguações no sentido de identificar as causas deste problema de saúde pública".

    A Câmara Municipal de Ílhavo, bem como a Agência Portuguesa do Ambiente, "realizam, de forma independente, análises semanais à água da Praia do Jardim Oudinot" a que se juntam recolhas realizadas pelo Laboratório de Saúde Pública. "A Câmara Municipal de Ílhavo aguarda pelo resultado da contra-análise realizada pelo Laboratório de Saúde Pública", com resultado previsto para sexta-feira.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • matosinhos
  • Praias
  • ilhavo
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Produção diária de energia eólica atingiu novo recorde em Portugal
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023
janeiro 27
Tempo frio vai continuar pelo menos até quinta-feira
janeiro 27
FPS anuncia 'grande mudança' no acesso aos circuitos em 2023
janeiro 26
Cidade chinesa regista temperatura recorde de -53ºC
janeiro 26
Frio fica para o fim de semana: todo o continente vai estar sob aviso amarelo
janeiro 26
FUEL TV lança programa de estágios