Homepage

  • Portugal obtém mais duas medalhas no EuroSUP 2022
    31 agosto 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    FPS
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Até ao momento, a Seleção Nacional de SUP já conquistou uma mão cheia de medalhas nas águas de Hvide Sande, na Dinamarca.
  • Pelo terceiro dia consecutivo, a Seleção Nacional de Stand Up Paddle (SUP) obteve medalhas no EuroSUP 2022, certame que realiza-se até ao próximo sábado em Hvide Sande, na Dinamarca.

    Desta vez, o sucesso nacional chegou na especialidade SUP Race Maratona Júnior, tanto no masculino como no feminino. Tudo graças às performances de Guilherme Olim e Leonor Jardim. Ambos foram medalhados de bronze.

    Guilherme Olim, que ainda não falhou um único pódio nas provas em que participou, completou os 14 quilómetros da prova em 1h17m05s, a pouco menos de dois minutos do vencedor, que foi o espanhol Lucas Simocelli (1h15m17s). A medalha de prata foi para o francês Simon Ackerman (1h16m24s).

    "Arranquei forte e estive sempre no grupo da frente. Depois, podia ter escolhido uma trajetória melhor e perdi algum avanço na passagem da boia. Caí para quinto, mas recuperei. O nível estava bastante alto, mas acabei por terminar bem", disse o jovem atleta madeirense, que tem em sua posse três das cinco medalhas conquistadas por Portugal, até ao momento, no EuroSUP 2022. 

    Por isso, o balanço pessoal da competição até agora para o estreante na Seleção Nacional de SUP é o melhor. “Superei as minhas expectativas. Não estava à espera de resultados tão bons e estou muito contente. Agora falta a prova de SUP Race Técnico, na sexta-feira, mas felizmente amanhã descanso", afirmou em comunicado oficial da Federação Portuguesa de Surf. 

    Na prova feminina, Leonor Jardim cumpriu o percurso em 1h36m09s, atrás da espanhola Sonia Caimari (1h22m31s) e da vencedora, a italiana Cecilia Pampinella (1h19m04s). Com apenas 15 anos de idade, Leonor mostrou-se duplamente surpreendida pela medalha alcançada pois, assume, falhou na sua prova mais forte, o Sprint.

    “Sinceramente, fiquei um pouco surpreendida. Nos sprints, que estava mais confortável, não consegui o resultado que esperava e na longa distância, em que tenho menos confiança, acabei por chegar à medalha. No entanto, esta medalha deu-me mais vontade de apostar nesta disciplina. Agora vou competir no Race Técnico. Vou tentar chegar à final e receber outra medalha", assegurou.

    Recorde-se que os resultados e a transmissão em direto do EuroSUP 2022 podem ser acompanhados através do site oficial de internet da European Surfing Federation.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • sup
  • stand up paddle
  • Seleção Nacional de SUP
  • Portugal
  • EuroSUP 2022
  • Competição
  • Federação Portuguesa de Surf
  • FPS
  • Fotografia
    FPS
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo