Homepage

  • Não é só em Portugal: calor deixa Europa a ferver
    12 julho 2022
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O calor intenso da Península Ibérica vai incindir também em França, no Reino Unido e em grande parte da Europa central.
  • A onda de calor registada na Península Ibérica nos últimos dias vai afetar o norte da Europa ainda esta semana e alastrar-se para o leste, devendo provocar novos recordes em vários países, anunciaram meteorologistas europeus.

    O calor que tem afetado Portugal e Espanha fez subir as temperaturas 4 a 5ºC acima do normal para esta época do ano, levando a máximas superiores a 40ºC.

    Durante o resto desta semana, o calor irá provavelmente aumentar mais, para cerca de 7°C acima da média, com as temperaturas máximas a chegar aos 46/47°C em Sevilha, por exemplo, referem os especialistas citados pelo jornal inglês 'The Guardian'.

    Segundo a Aemet, a agência meteorológica espanhola, esta onda de calor pode durar nove ou 10 dias, tornando-se uma das três ondas de calor mais longas que a Península Ibérica já viveu.

    À medida que as baixas pressões se desenvolvem no leste da Europa, o calor intenso da Península Ibérica vai incindir também em França, no Reino Unido e em grande parte da Europa central.

    De acordo com os especialistas, partes de França, do Reino Unido, da Alemanha e até mesmo dos Países Baixos deverão registar, a partir do meio desta semana, temperaturas acima de 40°C.

    Por seu lado, as temperaturas em partes do Mediterrâneo central e oriental também subirão para cerca de 10°C acima do normal, ultrapassando a marca dos 40°C em toda a Itália e nos Balcãs.

    Na segunda-feira da próxima semana, as temperaturas sazonais acima da média deverão registar-se na Europa central, sul e ocidental, com condições de “ondas de calor generalizadas”, avisam os meteorologistas, apontando o dedo ao anticiclone dos Açores e ao africano.

    Em contrapartida, a Escandinávia e o nordeste da Europa apresentam atualmente estados de tempo mais instáveis, com vários graus abaixo do normal para a época. Porém, a situação não deverá durar muito mais.

    Uma previsão avançada por especialistas italianos refere que o calor tórrido não poupará os países do norte da Europa.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Europa
  • Onda de calor
  • calor
  • Portugal
  • Península Ibérica
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 06
Portugal com estreia positiva no Mundial de Para-surfing
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Distritos de Faro e Beja com aviso laranja devido à chuva forte
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mau tempo deixa todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho