Homepage

  • Ribeira Grande pretende ter Reserva Mundial de Surf
    24 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Alexandre Gaudência, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, confirmou desejo durante a conferência de imprensa de lançamento do Allianz Ribeira Grande Pro.
  • Portugal poderá vir a ter uma segunda zona considerada Reserva Mundial de Surf. Depois de a Ericeira ter conseguido tal estatuto em 2011, quando se tornou a segunda Reserva de Surf em todo o Mundo e a primeira na Europa, agora, é o Município açoriano de Ribeira Grande a pretender avançar com um projeto que visa a proteção das ondas locais.

    Segundo Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande, há um trabalho conjunto com a Save The Waves, ONG que regula e define todas as Reservas Mundiais de Surf, de forma a que as ondas deste município situado na costa Norte da Ilha de São Miguel se candidatem a este estatuto.

    Esta quinta-feira, durante a conferência de imprensa de lançamento do Allianz Ribeira Grande Pro, quarta etapa da Liga MEO Surf 2022, o edil admitiu essa intenção e garantiu já existirem trabalhos nesses sentido. Quem aproveitou a oportunidade para elogiar esta aposta do Município da Ribeira Grande foi Frederico Morais. O melhor surfista português da atualidade esteve também presente na conferência de imprensa e frisou a importância desta aposta na preservação das ondas.

    Com o spot mais famoso do município e da própria ilha de São Miguel a ser os Areais de Santa Bárbara, que anualmente acolhe uma etapa do circuito mundial de qualificação da WSL, Ribeira Grande possui ainda outros spots como a praia do Monte Verde, Santa Iria, Rabo de Peixe, Calhetas de Rabo de Peixe, Santana, Maia ou o spot de ondas grandes do Pico da Viola, entre outros segredos bem guardados por uma costa tão rica e recortada. Algo que sustenta o slogan adotado pela autarquia de “Ribeira Grande, Capital do Surf”.

    No total existem já 12 Reservas Mundiais de Surf em todo o Mundo, a última das quais a ser nomeada North Devon, no Reino Unido, que se vai tornar na segunda Reserva da Europa. Gold Coast, Noosa e Manly, na Austrália, Santa Cruz e Malibu, na Califórnia, Todos Santos, no México, Guarda do Embaú, no Brasil, Punta de Lobos, no Chile, Huanchaco, no Peru, e Playa Hermosa, na Costa Rica, são as outras Reservas Mundiais de Surf já existentes.

    Anualmente a Save the Wave Coalition nomeia uma nova Reserva Mundial de Surf, após uma lista inicial de candidatos. Meses mais tarde essa Reserva Mundial de Surf é oficializada. É a esse processo que Ribeira Grande pretende candidatar-se num futuro próximo, estando já todos os esforços a serem dinamizados nesse sentido.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Reserva Mundial de Surf
  • Açores
  • Ribeira Grande
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 25
Sol fica só até sábado: chuva volta no domingo
novembro 24
Seleção Nacional de Surf Adaptado quer medalhas no Mundial ISA 2022
novembro 24
Prolongado aviso de agitação marítima na Madeira
novembro 23
O que esperar do grande swell que vai entrar na Nazaré?
novembro 23
Divulgados os convocados da Seleção Nacional de Surf Adaptado para o Mundial ISA 2022
novembro 23
Cuidados a ter por causa da forte agitação marítima esperada
novembro 23
Guilherme Ribeiro e Justin Mujica recebem wildcards para o Special Event do circuito ASCC Caparica Power