Homepage

  • Mercedes-Benz abre portas do Oceanic Lounge nas Docas de Lisboa
    08 junho 2022
    arrow
    arrow
  • O novíssimo espaço é destinado a debates, geração de ideias, vivências de experiências ligadas à proteção e preservação dos oceanos, da sua fauna e flora e à formação da comunidade em geral para um desenvolvimento mais sustentável.
  • Em véspera do Dia Mundial dos Oceanos, que é comemorado esta quarta-feira, a Mercedes-Benz apresentou ao grande público o Oceanic Lounge.

    "É o dia de lançar a semente", afirmou Jorge Aguiar, diretor de marketing e comunicação da Mercedes-Benz, que foi o responsável pela apresentação do projeto.

    Depois de em abril de 2021 ter sido inaugurado o autossustentável Mercedes EQ-Lounge, no Porto da Nazaré, este novo projeto simboliza o "início de uma nova viagem", explicou Jorge Aguiar, sendo que ambas as estruturas têm como base o mar, ainda que em vertentes diferentes, mas complementares.

    "É algo diferente do que temos na Nazaré. Este espaço existe como o conhecem. Está cru. Era fácil para uma marca como a Mercedes chegar aqui e transformar este espaço numa coisa mais premium. Queremos fazê-lo, mas recorrendo aos projetos que o próprio espaço vai criar per si. Que é recolher lixo, transformar o lixo, criar arte. Toda a decoração do espaço será feita com base nesse conceito", explicou Jorge Aguiar durante a apresentação.

    Situado no Armazém 17 da movimentada Doca de Santo Amaro, em Lisboa, o novo espaço tem o Rio Tejo mesmo ao lado. A funcionar 365 dias por ano, o Mercedes-Benz Oceanic Lounge é um "projeto que começou e não vai acabar amanhã", assegura Jorge Aguiar. O responsável diz que este "terá uma duração de vários anos assim como sucede com a Nazaré, que já leva 10 ou 11 anos e tem vindo sempre a evoluir. Vai ter a mesma duração para criar semelhante maturidade".

    "O espaço está localizado em Lisboa porque é a nossa capital. É aqui que temos os golfinhos e há uma vida marinha enorme. Somos a única capital europeia com golfinhos. Depois e talvez esta seja a razão mais importante, a capacidade de estrutura que aqui temos montada e é liderada pelo Bernardo Queiroz, que é a cara do Oceanic Lounge durante 365 dias por ano, em terra e mar. Este é um projeto que temos estado a amadurecer nos últimos dois anos. Não encontramos nada semelhante ao que temos aqui. Todo o manancial que vai desde os quatro veleiros aos biólogos e zoólogos. Noutras partes, não existe uma capacidade tão grande instalada. Depois, também a Mercedes-Benz está sediada em Lisboa", explicou Jorge Aguiar. 

    Com uma preocupação de inclusão social, o novíssimo Oceanic Lounge tem dois pisos e será destinado a debates, geração de ideias, vivências de experiências ligadas à proteção e preservação dos oceanos, da sua fauna e flora e à formação da comunidade em geral para um desenvolvimento mais sustentável. O objetivo passa por criar uma consciência global da importância da mudança dos comportamentos na proteção do oceano e, sobretudo, dos ecossistemas marinhos.

    Para esta aventura, Jorge Aguiar diz que estão todos convidados a "trazer ideias e projetos". Sempre com sustentabilidade e a preocupação ambiental no centro da ação, até porque "não há luxo sem ser sustentável", sublinha o diretor de comunicação e marketing da Mercedes-Benz Portugal.

    O novo Mercedes-Benz Oceanic Lounge irá funcionar com um conjunto de parceiros e entidades, com destaque para os Skeleton Sea, projeto ligado à arte do mar. O Oceanário de Lisboa é outro dos parceiros, sendo que neste âmbito serão dados a conhecer meios de proteção dos golfinhos que visitam o Tejo e formas de conviver com estes cetáceos. Observação e estudo da fauna marinha, bem como saídas para recolhas de lixo em mar aberto serão outras das atividades a desenvolver. 

    Em termos estruturais, o espaço agora inaugurado contará com uma equipa de skippers, comandada pelo já mencionado Bernardo Queiroz. Esta equipa terá à sua disposição quatro veleiros e dois semirrígidos para as saídas para o mar. "Para preservar, primeiro é preciso conhecer", mencionou Bernardo Queiroz. A escola de vela e a escola de navegação também vão estar disponíveis, dotando os seus alunos de técnicas e conhecimentos que lhes permitam navegar, conhecer e investigar a extensa costa portuguesa.

    Com o objetivo de alcançar a neutralidade carbónica em 2039, fica no ar a hipótese de virem a existir futuros projetos semelhantes. "Neste momento, temos este projeto. Vamos ver a evolução. De qualquer maneira, cada vez mais acreditamos que em marcas como a Mercedes-Benz, apesar do avanço do digital, a ligação física é fundamental. Portanto é de esperar que surjam outras coisas. Não sabemos quando ou como. Agora, estamos a construir este bebé", concluiu Jorge Aguiar.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • mar
  • Mercedes-Benz
  • Mercedes-Benz Oceanic Lounge
  • Docas
  • Lisboa
  • Portugal
  • Sustentabilidade
  • Natureza
  • Meio Ambiente
  • Ecossistema
  • Golfinhos
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal