Homepage

  • Decisões importantes a caminho do dia final do Allianz Ribeira Grande Pro
    25 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Vasco Ribeiro, Halley Batista e Afonso Antunes foram alguns dos nomes sonantes a ficarem pelo caminho após um dia de emoções fortes.
  • O Allianz Ribeira Grande Pro teve, este sábado, um dia de emoções fortes, condimentado com várias eliminações surpreendentes entre os tops seeds, sobretudo do lado masculino. Já na prova feminina, foi Teresa Bonvalot a dominar a ação, com as contas a ficarem ainda mais simplificadas para um dia final que pode ser de grandes decisões e conquistas para a atual número 1 nacional.

    A ação na praia do Areal de Santa Bárbara começou ainda antes das 7 horas, com a ronda 2 masculina a entrar na água para heats muito competitivos e dramáticos. Depois de triunfos de Vasco Ribeiro, Arran Strong e Jácome Correia nas três primeiras baterias do dia, no heat 4 houve a primeira grande surpresa, com a eliminação do líder do ranking e licra amarela Go Chill. Halley Batista despediu-se de prova numa bateria vencida por Guilherme Fonseca e com Tomás Fernandes a passar na segunda posição. Algo que deixou todas as contas em aberto.

    No heat 7 houve mais uma derrota inesperada, com Afonso Antunes, que chegou aos Açores, como top 3 do ranking, a perder frente a Eduardo Fernandes e Francisco Mittermayer, baralhando ainda mais estas contas. Quem beneficiou disso foi o vice-líder Guilherme Ribeiro, que já tinha saído vencedor do heat 5. Martim Nunes e Frederico Morais foram os outros vencedores desta ronda.

    A competição prosseguiu com a ronda 2 feminina, que acabou por ser interrompida a meio devido à ação da maré cheia. O primeiro heat viu Carolina Mendes sair vencedora e colocar alguma pressão nas contas do ranking. Mas a resposta de Teresa Bonvalot veio logo de seguida, com o melhor score do dia, ao somar 15,15 pontos, seguindo sem percalços rumo à próxima fase. Uma vitória que simplificou ainda mais as contas de Teresa, que chega ao dia final a precisar de um 5.º lugar para carimbar a vitória na Allianz Triple Crown e a necessitar de avançar mais dois heats para carimbar o título nacional feminino de forma antecipada.

    A ação só retomou depois das 15 horas, com mais dois heats femininos. O primeiro foi vencido por Maria Salgado e a fechar a ronda disputou-se o heat 2, que teve de ser adiado depois de Camilla Kemp ter sofrido um acidente com uma caravela portuguesa durante o freesurf. Apesar do susto, a campeã nacional de 2018 regressou em força e carimbou um triunfo com 12,60 pontos rumo à ronda 3.

    Quando a ação retomar no domingo, tudo vai começar com a próxima fase feminina, onde no heat 1 Carolina Mendes, Camilla Kemp, Carolina Santos e Camila Cardoso vão lutar pela passagem às meias-finais. No outro heat será Teresa Bonvalot a enfrentar a juventude a despontar na Liga MEO Surf, com Maria Salgado, Érica Máximo e Benedita Teixeira a serem as adversárias. Nesta bateria vai estar já em jogo a primeira decisão da etapa, com Teresa a necessitar apenas de não ser última na bateria para vencer a Allianz Triple Crown pela quarta vez na carreira. Caso o consiga fazer, segue-se a luta também pelo quarto título nacional do historial.

    Ronda 3 feminina:
    H1: Carolina Mendes x Camilla Kemp x Carolina Santos x Camila Cardoso
    H2: Teresa Bonvalot x Maria Salgado x Érica Máximo x Benedita Teixeira

    A prova masculina ainda regressou à água a meio da tarde, para uma das rondas mais emotivas da etapa. Com 16 surfistas em prova, os quatro heats em disputa foram pautados por muito equilíbrio, o que resultou em mais eliminações inesperadas. A começar logo pela do campeão nacional Vasco Ribeiro, frente a Tomás Fernandes e Arran Strong no heat 1. No heat 2 foi a vez de João Moreira ser derrotado por Guilherme Fonseca e Pedro Coelho, perdendo a hipótese de se adiantar na luta masculina pela Allianz Triple Crown.

    Mais uma vez, tal como já tinha acontecido após a eliminação de Halley Batista, Guilherme Ribeiro aproveitou a deixa da concorrência para assumir também as rédeas destas contas. Num heat recheado de talentos da nova geração, o triunfo sorriu ao júnior Martim Nunes, mas Gui segurou a segunda posição, perante a proximidade de Tiago Stock e Francisco Mittermayer. Algo que o deixou na liderança provisória da Allianz Triple Cown e também do ranking nacional.

    A última bateria do dia não escapou à regra da emoção e do equilíbrio, com Eduardo Fernandes a destacar-se da forte concorrência ao conseguir o melhor score masculino do dia, com 14,75 pontos. Na luta pela segunda posição foi Frederico Morais a levar a melhor frente a Joaquim Chaves. Um desfecho que ajudou a definir os finalistas deste Allianz Ribeira Grande Pro e a perceber quem são ainda os candidatos às grandes decisões e principais adversários de Guilherme Ribeiro este domingo. Um deles é o próprio Eduardo Fernandes, sendo que ambos vão defrontar-se no heat 4. Um embate que promete muita emoção.

    Quartos-de-final masculinos:
    H1: Tomás Fernandes x Pedro Coelho
    H2: Guilherme Fonseca x Arran Strong
    H3: Martim Nunes x Frederico Morais
    H4: Eduardo Fernandes x Guilherme Ribeiro

    Num cenário muito mais renhido que do lado feminino, Guilherme Ribeiro chega ao dia final na liderança provisória tanto da Allianz Triple Crown como do ranking nacional. O requisito para segurar a atual situação sem depender de terceiros é chegar à final. Caso isso aconteça, o jovem surfista da Costa de Caparica garante automaticamente o triunfo na Allianz Triple Crown e também a licra amarela Go Chill para a quinta e última etapa da Liga MEO Surf 2022, em Peniche. No entanto, nas contas da Allianz Triple Crown, que se decide nesta etapa, há ainda mais cinco nomes a correr por fora: Tomás Fernandes, Pedro Coelho, Guilherme Fonseca, Arran Strong e Eduardo Fernandes.

    Ao início da tarde disputaram-se ainda as Go Chill Expression Sessions, com Teresa Bonvalot a mostrar o grande momento de forma que atravessa e a levar para casa também este prémio. Já do lado masculino foi Halley Batista a voar mais alto que a concorrência para vencer este troféu pela segunda vez seguida, depois de já o ter feito na etapa da Ericeira.

    Com chamada para o dia final do Allianz Ribeira Grande Pro marcada para as 7H30 e com cerca de 5 horas de competição pela frente, as expectativas são altas para a jornada deste domingo, com muitas e importantes decisões em jogo. E com o mar a prometer subir para abrilhantar ainda mais o espetáculo do melhor surf nacional neste regrresso aos Açores.

    Agenda para Domingo
    07H30 – Call do dia final do Allianz Ribeira Grande Pro
    12h00 – Finais do Allianz Ribeira Grande Pro (por confirmar)
    13h00 – Entrega de prémios do Allianz Ribeira Grande Pro Pro (por confirmar) 

    A nível televisivo, o Allianz Ribeira Grande Pro poderá ser acompanhado em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, app do MEO – disponível na posição 810 da grelha de canais MEO, e em www.ansurfistas.com e redes sociais em @ansurfistas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Teresa Bonvalot
  • Guilherme Ribeiro
  • Açores
  • Allianz Ribeira Grande Pro
  • liga meo surf
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado