Homepage

  • Jovens de 11 nacionalidades experimentaram o surf no Intercultural Surf for Kids
    06 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Intercultural Surf for Kids
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Esta foi uma iniciativa solidária comemorativa do Dia Internacional da Criança.
  • O passado sábado, dia 4 de junho, foi dia de festa na emblemática Praia do Cabedelo, na Figueira da Foz. Ali, teve lugar a primeira edição do Intercultural Surf for Kids, um evento que reuniu dezenas de crianças entre os 5 e os 10 anos, de 11 nacionalidades, oriundas do sul do concelho da Figueira da Foz.

    Desta forma, as crianças tiveram a oportunidade de experimentar o surf no Cabedelo, nesta que foi uma iniciativa solidária comemorativa do Dia Internacional da Criança.

    “No mar não há diferenças, não há países, todos são iguais. E o que é verdade para o mar, no surf, é também verdade em terra: brincaram uns com os outros, conheceram-se uns aos outros e nós cumprimos aquele que era o nosso objetivo primeiro, contribuir para uma melhor integração de todos estes meninos e meninas”, disse Eurico Gonçalves, porta-voz dos promotores do Intercultural Surf For Kids.

    O dia no Cabedelo começou bem cedo, com chuva à mistura, obrigando a organização a mudar o Centro de Recursos do Intercultural Surf For Kids da praça do Cabedelo para as instalações da Associação de Desenvolvimento Mais Surf (ADMS), permitindo, deste modo, a normal receção aos participantes na iniciativa e a preparação dos pequenos surfistas.

    Ao longo da manhã, a chuva foi dando algumas tréguas, mas voltou em força no final dos batismos de surf (realizados por monitores das seis escolas promotoras), levando a segunda parte do programa, uma 'petiscada' intercultural, com gastronomia portuguesa, venezuelana e do Bangladesh, de volta às instalações da ADMS.

    E foi já com o sol a brilhar que crianças e respetivos encarregados de educação, monitores de surf, estagiários, voluntários, elementos da organização e convidados, num total de quase 200 pessoas, puderam conviver em redor dos ‘petiscos’ preparados pelos ‘masterchefs’ do Bangladesh, Saidul Islam e Mohammed Joshin, com a ajuda de Mickael Oliveira, de Deunys Perez e Cecília Vega (Venezuela) e Arletty Romero (Peru) e do português Albano Mendes, um mestre a assar sardinha.

    O Intercultural Surf for Kids é uma iniciativa que visa a integração das crianças estrangeiras ou filhas de pais estrangeiros, residentes no município da Figueira da Foz, através do surf e da interação com crianças portuguesas da mesma idade.

    Esta primeira edição teve como promotores a Associação de Desenvolvimento Mais Surf (ADMS), a Associação de Marketing e Promoção Turística (AMPT), a Associação de Surf da Figueira da Foz (ASFF) e as escolas de surf Surfing Figueira, iSurf, Quinta D’Anta, Surf’ Scool, Ticket to Surf e Dude Surf School.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Portugal
  • Figueira da Foz
  • Dia Mundial da Criança
  • Batismo Surf
  • Praia do Cabedelo
  • Fotografia
    Intercultural Surf for Kids
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo
novembro 29
38 anos depois, acordou o maior vulcão ativo do mundo