Homepage

  • Garrett McNamara: 'Devo ao oceano tudo aquilo que alcancei na vida'
    29 junho 2022
    arrow
    arrow
  • No entender do big rider de 54 anos, o 'futuro é promissor', mas será "guiado pelas nossas ações'.
  • Esta quarta-feira, dia 29 de junho, realizou-se o evento 'Let's Sea - The Waves for The Future', inserido no âmbito da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, que decorre por estes dias na Altice Arena, em Lisboa.

    Um evento que destacou o papel do surf na proteção dos oceanos e relembrou como todo o ecossistema que envolve empresas, atletas e instituições deve estar mobilizado em torno deste desígnio. 

    Um dos oradores na sessão realizada no Jardim Garcia de Orta, no Parque das Nações, foi Garrett McNamara. Desde há muito na linha da frente no que toca à incessante proteção dos oceanos, o histórico surfista de ondas grandes afirmou contundentemente que a sua trajetória não seria a mesma sem este valioso recurso natural. "Devo ao oceano tudo aquilo que alcancei na vida."

    Garrett também enalteceu o papel desta iniciativa, que foi levada a cabo pelo MEO, EDP, World Surf League (WSL) e o Turismo de Portugal. "Este é o tipo de eventos em que há partilha, aprendizagem e as pessoas inspiram-se umas às outras", começou por dizer McNamara. Este considera que é "uma lufada de ar fresco ver a união de forças de diferentes entidades e que todos estão alinhados em tomar as melhores decisões para o planeta Terra. O futuro é promissor", entende.

    No entanto é preciso continuar a fazer mais em termos da preservação dos oceanos. "Cabe a nós, enquanto comunidade aqui presente, dar o exemplo. Temos de dar aquele passo extra para sermos sustentáveis, seja em casa, através daquilo que comemos ou do nosso próprio veículo. Temos mesmo de pensar sobre as nossas ações. Todos estão a olhar para nós", considera G-Mac. 

    No entender do big rider de 54 anos, o "futuro será guiado pelas nossas ações", não esquecendo que "80% da poluição nos oceanos advém dos rios". Por isso, "temos mesmo de ser o exemplo e partilhar com o resto da população como é que as coisas têm de ser feitas". 

    E deixa um conselho a todos. "Devem fazer escolhas sustentáveis. Escolhas que são as mais convenientes, mas também as mais responsáveis. Por vezes, optamos por aquilo que é mais rápido, o mais conveniente. Só que isso não é sustentável. Eu próprio não sou perfeito", garante.

    Escolhas convenientes que podem passar, por exemplo, pela "não utilização de garrafas de  plástico", mas sim pela "utilização de garrafas reutilizáveis". 

    Por último, Garrett McNamara mostrou ainda toda a sua crença num dos projetos apresentados durante o encontro e do qual espera "aprender um pouco mais". Trata-se do 'Unwanted Shapes - Zero Impact, Full Performance'.

    Esta é uma iniciativa promovida pelo MEO, Turismo de Portugal e WSL que pretende até aos Jogos Olímpicos de 2028, a realizar em Los Angeles, que toda a indústria do surf esteja a utilizar pranchas feitas de material sem impacto ambiental.

    "Penso que a iniciativa com vista às Olimpíadas de 2028 é 100% exequível. Penso que tudo até poderia ser feito de forma mais rápida, mas ficarei muito contente se a meta for alcançada", concluiu. 

     



     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • WSL
  • World Surf League
  • Sustentabilidade
  • Ecossistema
  • Meio Ambiente
  • Natureza
  • meo
  • Portugal
  • Garrett McNamara
  • Oceano
  • Conferência dos Oceanos
  • Conferência dos Oceanos das Nações Unidas
  • Lisboa
  • 'Let's Sea - The Waves for The Future'
  • Fotografia
    DR/Mercedes-Benz
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal
julho 27
Inscrições abertas para a 1ª etapa do Circuito Regional de Bodyboard Open da Madeira 2022