Homepage

  • Catarina Sousa volta a vencer e já está na ronda 4 do Mundial Masters no Brasil
    23 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Na divisão Open, Mariana Rosa e Madalena Valério foram eliminadas na ronda de repescagem. Nessa categoria, a presença portuguesa ficou reduzida a metade.
  • Depois de um dia de folga, o Wahine Bodyboard Pro foi retomado esta quinta-feira, jornada competitiva no qual estiveram em ação as cinco bodyboarders portuguesas que marcam presença nesta etapa a contar para o circuito mundial de bodyboard de 2022 e que foi impulsionada pela consagrada Neymara Carvalho.

    Neste segundo dia de prova em Jacaraípe, no município brasileiro de Serra, as competidoras lusas tiveram sortes distintas. Foram registadas as primeiras baixas na armada portuguesa, com as eliminações de Madalena Valério e Mariana Rosa. No campo lusitano, o maior destaque da jornada vai para Catarina Sousa, que soma e segue na categoria Masters (+35 anos), onde está em jogo o título mundial, o primeiro da história para esta nova divisão.

    Com um score combinado de 10,50 pts, a experiente bodyboarder portuguesa assinou a segunda vitória consecutiva em heats, pelo que já está na ronda 4. Numa bateria sem grandes sobressaltos, Catarina levou a melhor sobre Cris Fontoura e Andrea Rocha.

    "Pelo menos para mim, não foi como há dois dias atrás. Comecei o heat a encontrar a onda que queria, mas depois foi difícil encontrar uma segunda onda. No final, consegui. Sei que liderei a bateria durante todo o tempo, mas tenho sempre um objetivo quando entro dentro de água. Estou feliz. Não tem sido fácil, pois para além das minhas atletas também tenho cá a minha filha. Vamos tentando conciliar isto tudo", afirmou Catarina Sousa na curta entrevista pós-heat concedida à International Bodyboarding Corporation (IBC), a entidade promotora do circuito mundial. 

    Agora, na ronda 4, Catarina Sousa estará inserida num heat com maior grau de dificuldade. Pela frente terá a top mundial Paloma Freyggang, que veio fazer uma perninha à categoria Masters, mas também Méia Cleto e Mariana Nogueira, que no seu currículo ostenta três coroas mundiais (1992, 1995 e 1998). As duas primeiras seguem para os quartos-de-final.

    Em termos nacionais, outro dos destaques do dia vai para Madalena Padrela. Na ronda 4 da categoria Open, a primeira em que entraram as top seeds, a irmã de Teresa Padrela conseguiu o apuramento direto para ronda 6. Madalena foi segunda classificado num heat em que a antiga campeã mundial Isabela Sousa foi a vencedora, enquanto Mariana Rosa caiu para a repescagem, por causa do terceiro lugar obtido. Também para as duas baterias de repescagens foram relegadas Madalena Valério e Teresa Padrela. 

    Nessa fase de 'mata-mata', a atual campeã nacional Open conseguiu carimbar a passagem para a fase seguinte, nu heat em que a chilena Paloma Freyggang levou a melhor e Mariana Rosa não foi além do terceiro posto, tendo sido eliminada. No heat seguinte, o mesmo desfecho teve Madalena Valério, que ficou na quarta posição do seu compromisso. Esta foi uma bateria em que se verificou um empate pontual (12,75 pts) entre as duas primeiras classificadas, que foram a filha de Neymara Carvalho, Luna Hardman, e a duas vezes campeã mundial Soraia Rocha. Como Luna conseguiu a onda com melhor pontuação (7,50 pts), saiu vencedora. 

    Com o bodyboard português a ter presença reduzida a metade na divisão Open, as manas Padrela já sabem que vão defrontar na ronda 6, onde está em jogo o apuramento para os quartos-de-final, já em formato woman-on-woman. Para lá chegar é precisar ficar entre as duas primeiras das respetivas baterias.

    Assim, a primeira a entrar em cena será Teresa Padrela no segundo heat. A vigente campeã do mundo Sari Ohhara e Dalete Mousinho são as oponentes. Já Madalena Padrela vai surfar na última bateria diante de duas antigas campeãs mundiais: Neymara Carvalho e Soraia Rocha. Um privilégio dividir o lineup com tamanhas figuras do bodyboard, nesta que será certamente uma experiência inesquecível para a jovem Madalena.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • bodyboard
  • Competição
  • Brasil
  • Wahine Bodyboard Pro
  • Portugal
  • Catarina Sousa
  • Madalena Padrela
  • Madalena Valério
  • Teresa Padrela
  • Mariana Rosa
  • IBC World Tour
  • IBC
  • International Bodyboarding Corporation
  • Fotografia
    IBC World Tour
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 28
Surfrider Foundation Europe promove limpeza da foz do rio Trancão na quinta-feira
junho 28
Campeões do III São Vicente SUP Challenge coroados em Ponta Delgada
junho 28
Teresa Bonvalot fez o pleno de conquistas nos Açores
junho 28
Projeto 'Surf & Rescue' prestes a estrear-se em Viana do Castelo
junho 27
Frederico Morais fala em 'toque especial' na vitória nos Açores
junho 28
António Costa promete 30% das áreas marinhas nacionais classificadas até 2030
junho 28
Heats revelados para a etapa final do Junior Tour