Homepage

  • Catarina Sousa e Madalena Padrela têm estreia positiva no Wahine Bodyboard Pro
    22 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Teresa Padrela, Madalena Valério e Mariana Rosa ainda não se estrearam na prova brasileira.
  • Foi ontem para a água pela primeira vez o Wahine Bodyboard Pro, prova que integra o calendário do circuito mundial de bodyboard de 2022 e que foi impulsionada pela lendária Neymara Carvalho.

    Das restantes provas mundialistas, esta distingue-se das demais, uma vez que é exclusivamente dedicada às competidoras femininas, englobando as divisões Open, Júnior e a grande novidade da categoria Masters. 

    Neste campeonato disputado em Serra, no município brasileiro de Espírito Santo, o bodyboard português está representado com uma mão cheia de competidoras. A Teresa Padrela, que já fez a perna chilena na totalidade, juntaram-se Madalena Valério, Madalena Padrela, Mariana Rosa e a consagrada Catarina Sousa. De fora deste lote, ficou a antiga campeã mundial Joana Schenker, que faz parte da lista de tops mundiais ausentes, onde também pontificam nomes como a número dois mundial Alexandra Rinder ou a japonesa Ayaka Suzuki.

    No primeiro dia de ação, a armada lusa teve duas representantes em prova e o saldo foi positivo. Na divisão Open, Madalena Padrela foi a primeira a iniciar a sua prestação neste Wahine Bodyboard Pro. No quarto heat da ronda 3, Padrela garantiu o apuramento para a fase seguinte ao terminar a sua bateria no segundo posto com um score combinado de 11,25 pts, que foi construído na primeira fase deste compromisso. O heat foi conquistado pela brasileira Joselane Amorim, enquanto Nicolle Calheiros e a comentadora/bodyboarder Begoña Martinez perderam de primeira.

    Quem também vestiu a licra foi a experiente Catarina Sousa. A competir na categoria Masters (+35 anos), onde está em jogo o título mundial, Catarina entrou a ganhar na ronda 1 e assim obteve o apuramento direto para a ronda 3. Nesta abertura das hostilidades, a bodyboarder lusa construiu o seu triunfo com um score combinado de 11,75 pts. "Mais motivada do que nunca", escreveu a vencedora do Sintra Portugal Pro em 2009 nas redes sociais após a estreia. Elisangela Fragoso acompanhou Catarina Sousa para a ronda seguinte, enquanto Carmem Filgueiras e Naiara Stringhini foram atiradas para a repescagem. 

    Esta quarta-feira foi decretado lay day num campeonato, cujo período de espera prolonga-se até domingo, dia 26 de junho. Quando a prova for retomada, a armada lusa já sabe com quem irá medir forças. 

    Na ronda 4 da divisão Open, na qual já estão inseridas as top seeds, o primeiro heat terá logo Madalena Valério em ação. Esta terá como rivais a número seis mundial Paloma Freyggang, Juliana Dourado e Dalete Mousinho.

    No heat 3, teremos duas portuguesas: Madalena Padrela e Mariana Rosa. As oponentes serão a antiga campeã mundial Isabela Sousa e Soraia Rocha. Por sua vez, Teresa Padrela vai iniciar a sua campanha no quarto e último heat desta fase. A atual campeã nacional Open está inserida num heat muito especial, uma vez que em confronto vão estar Neymara Carvalho e Luna Hardman, que são mãe e filha. O ramalhete fica completo com Joselane Amorim. 

    Quanto a Catarina Sousa, o seu nome aparece no segundo heat da ronda 3 da categoria Masters. Cris Fontoura e Andrea Rocha serão as adversárias. 

    O Wahine Bodyboard Pro pode ser visualizado em direto através da transmissão no canal de YouTube e página de Facebook da entidade promotora do Mundial de Bodyboard, a International Bodyboarding Corporation (IBC). O live score e heat draw estão disponíveis no sítio oficial de internet da IBC.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • bodyboard
  • Teresa Padrela
  • Madalena Padrela
  • Madalena Valério
  • Catarina Sousa
  • Mariana Rosa
  • IBC World Tour
  • International Bodyboarding Corporation
  • Wahine Bodyboard Pro
  • Competição
  • Brasil
  • Fotografia
    João Araújo/Sintra Portugal Pro
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo