Homepage

  • Catarina Sousa apurada para as meias-finais do Mundial Masters no Brasil
    24 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Nas meias-finais, Catarina vai medir forças com Mariana Nogueira, campeã mundial de bodyboard em 1992, 1995 e 1998.
  • Novo longo dia de competição no Wahine Bodyboard Pro, que decorre em Jacaraípe, no município brasileiro de Serra, nesta que é uma etapa que faz parte do calendário do Mundial de Bodyboard de 2022 e é exclusivamente dedicada ao setor feminino.

    Portugal partiu para esta jornada com três bodyboarders ainda em prova, entre as categorias Open e Master (+35 anos). Para as cores nacionais, o balanço do dia foi agridoce, pois se Catarina Sousa atingiu brilhantemente as meias-finais da prova Masters, já as irmãs Padrela, Teresa e Madalena, foram eliminadas na divisão Open.

    Começando por Catarina Sousa, a consagrada bodyboarder lusa mantém bem vivo o sonho de poder vir a tornar-se na primeira campeã mundial de bodyboard Masters da história.

    Depois de dois heats consecutivos a triunfar, a campeã do Sintra Portugal Pro em 2009 começou a jornada a sofrer no seu compromisso da ronda 4. Se a antiga campeã mundial Mariana Nogueira disparou lá na frente, o equilíbrio foi a nota dominante entre Catarina, a brasileira Méia Cleto e a chilena Paloma Freyggang, que à entrada para este evento era a atual número seis do mundo.

    Só na ponta final é que a fundadora do projeto 'Boogie Chicks' saltou para posição de apuramento, graças uma onda de 5,50 pts, que ajudou a perfazer um score combinado de 10,50 pts. Foi hora de respirar de alívio e rumar para os quartos-de-final, já com o formato woman-on-woman.

    Mais tarde, a experiente bodyboarder portuguesa obteve uma saborosa vitória diante de Isabela Nogueira, a irmã de Mariana e que no heat anterior havia feito um score combinado de 19,25 pts, com uma nota 10 pelo meio.

    Neste duelo luso-brasileiro, Catarina Sousa esteve sempre no comando das operações diante de uma Isabela, que não encontrou a forma evidenciada horas antes. Catarina fez um score combinado de 12,50 pts contra os 9,65 pts da adversária. E assim as meias-finais são uma realidade. Na luta por um lugar na final, a múltipla campeã nacional vai medir forças com nova mana Nogueira, mas desta feita é Mariana, campeã mundial em 1992, 1995 e 1998.

    "Sinceramente, estou a explodir de alegria por esta bateria. Quando comecei a fazer bodyboard, a Isabela Nogueira era uma das meninas que mais admirava. Ao fim de todos estes anos, continua a surfar muito. No heat anterior, obteve um score combinado de 19,25 pts. Para este duelo, pensei apenas em fazer as minhas ondas. Foi o que fiz. Estou super feliz por ter conseguido passar esta bateria. É óbvio que queremos sempre mais e mais, mas para já o foco está somente no próximo heat", disse Catarina Sousa numa curta entrevista aos microfones da International Bodyboarding Corporation (IBC).

    Quanto às pupilas de Catarina, as manas Padrela, despediram-se da competição Open, que ficou sem bodyboarders portuguesas em prova. Madalena Padrela foi a primeira ser eliminada, na ronda 6. Desfrutou ao competir num heat com nomes históricos e que teve na água o total de sete títulos mundiais. O score combinado de 9,25 pts foi insuficiente para ultrapassar as lendárias Neymara Carvalho e Soraia Rocha.

    Já Teresa Padrela, ultrapassou a ronda 6 no segundo lugar, mas nos quartos-de-final foi derrotada pela brasileira Maíra Viana. A atual campeã nacional Open entrou muito forte na contenda, construindo o score combinado de 10,25 pts. Contudo, Maíra rapidamente respondeu à letra e instalou-se na primeira posição, de onde já não viria a sair. Não deu para continuar neste Wahine Bodyboard Pro, mas Teresa Padrela deixa o Brasil com um excelente resultado. O quinto lugar obtido iguala o seu melhor desempenho de sempre numa etapa mundialista, que havia conseguido no campeonato anterior, em Antofagasta, Chile. 

    Recordamos que o Wahine Bodyboard Pro pode ser visualizado em direto através da transmissão no canal de YouTube da entidade promotora do Mundial de Bodyboard, a International Bodyboarding Corporation. O live score e heat draw estão disponíveis no sítio oficial de internet da IBC.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • bodyboard
  • Competição
  • Teresa Padrela
  • Madalena Padrela
  • Catarina Sousa
  • IBC World Tour
  • IBC
  • International Bodyboarding Corporation
  • Wahine Bodyboard Pro
  • Brasil
  • Portugal
  • Mundial Masters
  • Circuito Mundial de Bodyboard
  • Fotografia
    Boogie Chicks
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mau tempo deixa todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso