Homepage

  • António Costa promete 30% das áreas marinhas nacionais classificadas até 2030
    28 junho 2022
    arrow
    arrow
  • Quando se fala de oceanos, o conhecimento científico "tem de estar no centro", disse o primeiro-ministro.
  • No primeiro dia da 2ª Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, que decorre até sexta-feira na Altice Arena, em Lisboa, António Costa assumiu os compromissos de classificar 30% das áreas marinhas nacionais até 2030 e de Portugal possuir a totalidade dos seus 'stocks' de pesca nacional dentro dos limites biológicos sustentáveis.

    O primeiro-ministro falou sobre estes dois compromissos no discurso que proferiu no primeiro dia do encontro coorganizado por Portugal e pelo Quénia. Na sua intervenção, em que assumiu quatro compromissos em termos de ação, Costa procurou salientar a ideia de que, quando se fala de oceanos, o conhecimento científico "tem de estar no centro".

    Nesse sentido, aproveitando a centralidade atlântica dos Açores, o Governo português, de acordo com António Costa, "dará continuidade ao investimento na iniciativa Air Center, enquanto rede de colaboração científica entre países e institutos de investigação sobre áreas como o espaço, a observação da atmosfera, os oceanos, o clima e a energia".

    "E até ao final deste ano, iremos criar o gabinete da Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável", referiu.

    Outro compromisso assumido pelo líder do executivo é o de Portugal "assegurar que 100% do espaço marítimo sob soberania ou jurisdição portuguesa seja avaliado em bom estado ambiental" e "até 2030, classificar 30% das áreas marinhas nacionais".

    Ainda este ano, segundo António Costa, foi dado um passo nesse sentido ao ser aumentada "27 vezes o tamanho da Reserva Natural das Ilhas Selvagens, tornando-a na maior área marinha protegida do Atlântico Norte".

    "Por outro lado, na segurança alimentar, queremos transformar a pesca nacional num dos setores mais sustentáveis e de baixo impacto a nível mundial, mantendo 100% dos stocks dentro dos limites biológicos sustentáveis", frisou o primeiro-ministro.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • mar
  • Conferência dos Oceanos
  • António Costa
  • Oceanos
  • Conferência dos Oceanos das Nações Unidas
  • Portugal
  • ONU
  • Sustentabilidade
  • Ecossistema
  • Meio Ambiente
  • Natureza
  • área protegida
  • Biodiversidade marinha
  • biodiversidade
  • Proteção
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal