Homepage

  • Sebastian Steudtner, o recordista mundial que vem de um país sem ondas: 'Tudo é possível na vida'
    30 maio 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL/Pedro Mestre
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Recém-coroado recordista do Guinness, o big rider alemão assegura que não estava obcecado em busca de tal façanha.
  • Sebastian Steudtner. É este o nome do ser humano que desde o passado dia 24 de maio é oficialmente o recordista mundial do Guinness da maior onda surfada

    Dando sequência aos anteriores máximos mundiais, este foi um recorde alcançado na Praia do Norte, na Nazaré. Tudo aconteceu no inesquecível dia 29 de outubro de 2020, naquele que foi o primeiro swell gigante a quebrar no Canhão já em plena pandemia e que motivou uma enchente de público.

    Rebocado por Alemão de Maresias, Seb surfou uma onda que foi medida em 26,21 metros de altura. Um registo que destronou a marca do brasileiro Rodrigo Koxa, que no dia 8 de novembro de 2017 desceu uma montanha de água com 24,38 metros, também na Praia do Norte.

    Recém-coroado recordista mundial, Steudtner assegura que não estava obcecado em busca de tal façanha. Não é isso que o move nesta vida. 

    "Não era algo que perseguia. Alcancei isto porque estou focado em mim próprio e na minha performance. Tudo com o propósito de ser um atleta mais forte. Entre milhões de seres humanos, sou o primeiro a surfar uma onda com este tamanho. Este não é um recorde mundial para encher primeiras páginas de jornais. É um recorde que atesta a capacidade para surfar a onda gigante que é aqui formada. Não é nenhuma brincadeira. Isso deixa-me muito orgulhoso", disse o big rider alemão na cerimónia em que recebeu a certificação do recorde por parte do Guinness World Records. Cerimónia essa realizada em pleno Forte de São Miguel Arcanjo, na Nazaré.

    Precisamente, esta é uma localidade que que tem um lugar muito especial no coração de Sebastian Steudtner. Seja pelos bons ou maus motivos, até porque não há histórias de amor perfeitas.

    "Este é um local que significa muito para mim. Há uma década que surfo neste local, pelo que tenho acompanhado de perto o crescimento de tudo. Já vivi na Nazaré momentos muito bonitos, mas também momentos dramáticos. É um local que tem um lugar muito especial no meu coração", confessa.

    Na hora da consagração, o big rider germânico considera que a proeza da qual é autor "demonstra que na vida tudo é possível" e ainda para mais tendo em conta a suas origens.

    Vem da Alemanha, um "país sem ondas", pelo que teve de trilhar um longo e árduo caminho até chegar a este momento. Venceu a perseverança em nome de uma paixão.

    "Quando era mais novo não tive a oportunidade de viajar à volta do mundo para surfar. Tive de encontrar a minha própria motivação e traçar o meu caminho para estar nos locais onde há surf", explicou o surfista que aos 16 anos foi para o arquipélago do Havai em busca de um lugar ao sol.

    Por isso, Steudtner considera que se todos olhassem para os "primórdios" da sua vida, diriam que era "impossível" desembocar onde está agora.

    "Mas aqui estou eu. Nunca desisti. Estamos para aqui celebrar o facto de que se acreditarmos nos nossos sonhos, tudo é possível. Se existir dedicação em relação ao que fazemos e trabalharmos no duro, sim é possível. Nós é que definimos o que é ou não possível. Penso que é isto que as pessoas devem reter em relação ao meu feito", entende.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Sebastian Steudtner
  • Recorde Mundial
  • Guinness World Records
  • nazaré
  • Canhão da Nazaré
  • praia do norte
  • Portugal
  • Tow-in
  • Fotografia
    WSL/Pedro Mestre
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 06
Portugal com estreia positiva no Mundial de Para-surfing
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Distritos de Faro e Beja com aviso laranja devido à chuva forte
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mau tempo deixa todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho