Homepage

  • Houve um 'aumento extraordinário' de mortes de golfinhos no Mar Negro e a culpa pode ser da guerra na Ucrânia
    11 maio 2022
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Diz a Fundação Turca para a Investigação Marinha que já foram contabilizados mais de 80 golfinhos mortos, que posteriormente deram à costa em diversas praias turcas.
  • Os golfinhos continuam na ordem do dia no que toca ao conflito militar que envolve a Rússia e a Ucrânia. Depois de recentes imagens de satélite terem deixado entender que a Rússia utiliza golfinhos para proteger a base naval de Sebastopol, agora é o facto da guerra poder estar a contribuir para um aumento do número de mortes destes animais mamíferos.

    A conclusão foi anunciada pela Fundação Turca para a Investigação Marinha, que registou um "aumento extraordinário" do número de golfinhos que têm vindo a ser encontrados sem vida na costa ocidental do Mar Negro. Um cenário que tem vindo a ser verificado desde a última semana de fevereiro, precisamente a altura em que foi despoletado todo este conflito. 

    Diz a Fundação Turca para a Investigação Marinha que já foram contabilizados mais de 80 golfinhos mortos da espécie Delphinus delphis, que posteriormente deram à costa em diversas praias turcas, algo invulgar em comparação com anos anteriores.

    Análises às carcaças dos animais, permitiram chegar à conclusão de que metade dos golfinhos faleceram após terem ficado presos em redes de pesca. Em relação à outra parte, continuam os trabalhos de investigação. Sabe-se sim que os animais não apresentavam ferimentos.

    A equipa de trabalho turca acredita que este crescimento de óbitos pode estar relacionado com o aumento da poluição sonora na zona norte do Mar Negro, que pode ser explicada pela ação dos navios militares.

    Admite-se que os golfinhos possam ter sofrido traumas acústicos, situação que levou ao deslocamento dos cetáceos em direção à costa turca, acabando depois por surgir em terra já sem vida. O impacto climático e a migração estão também entre as possíveis causas para esta situação.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Golfinhos
  • Turquia
  • Ucrânia
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 31
Comunicado da FPS sobre o projeto 'Gestão do Espaço Costeiro'
janeiro 31
Luke Shepardson, o vencedor improvável do Eddie Aikau que passou a ter um dia no Havai com o seu nome
janeiro 31
Surf adaptado mantem bem vivo o sonho da inclusão nos Jogos Paralímpicos de Los Angeles 2028
janeiro 31
Ondas da Praia da Vigia consagraram campeões do Circuito Sealand Santa Cruz 2022
janeiro 30
Validade da certificação dos nadadores-salvadores prorrogada até ao final de 2023
janeiro 30
Conhecido calendário dos circuitos regionais de bodyboard para 2023
janeiro 30
FPS vai realizar dois cursos online de juízes de surf em fevereiro