Homepage

  • Houve um 'aumento extraordinário' de mortes de golfinhos no Mar Negro e a culpa pode ser da guerra na Ucrânia
    11 maio 2022
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Diz a Fundação Turca para a Investigação Marinha que já foram contabilizados mais de 80 golfinhos mortos, que posteriormente deram à costa em diversas praias turcas.
  • Os golfinhos continuam na ordem do dia no que toca ao conflito militar que envolve a Rússia e a Ucrânia. Depois de recentes imagens de satélite terem deixado entender que a Rússia utiliza golfinhos para proteger a base naval de Sebastopol, agora é o facto da guerra poder estar a contribuir para um aumento do número de mortes destes animais mamíferos.

    A conclusão foi anunciada pela Fundação Turca para a Investigação Marinha, que registou um "aumento extraordinário" do número de golfinhos que têm vindo a ser encontrados sem vida na costa ocidental do Mar Negro. Um cenário que tem vindo a ser verificado desde a última semana de fevereiro, precisamente a altura em que foi despoletado todo este conflito. 

    Diz a Fundação Turca para a Investigação Marinha que já foram contabilizados mais de 80 golfinhos mortos da espécie Delphinus delphis, que posteriormente deram à costa em diversas praias turcas, algo invulgar em comparação com anos anteriores.

    Análises às carcaças dos animais, permitiram chegar à conclusão de que metade dos golfinhos faleceram após terem ficado presos em redes de pesca. Em relação à outra parte, continuam os trabalhos de investigação. Sabe-se sim que os animais não apresentavam ferimentos.

    A equipa de trabalho turca acredita que este crescimento de óbitos pode estar relacionado com o aumento da poluição sonora na zona norte do Mar Negro, que pode ser explicada pela ação dos navios militares.

    Admite-se que os golfinhos possam ter sofrido traumas acústicos, situação que levou ao deslocamento dos cetáceos em direção à costa turca, acabando depois por surgir em terra já sem vida. O impacto climático e a migração estão também entre as possíveis causas para esta situação.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Golfinhos
  • Turquia
  • Ucrânia
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 30
Ondas de Peniche vão coroar o novo campeão nacional de Surf Esperanças Sub-16
setembro 30
Finalíssima do Surf Esperanças Sub-12 de 2022 disputa-se na Praia Internacional do Porto
setembro 30
Temperatura vai ultrapassar os 30ºC no primeiro fim de semana de outubro
setembro 28
Mercedes-Benz vai celebrar o Dia Mundial do Mar com a temática Nazaré
setembro 28
Teresa Bonvalot, 10 anos de sucesso garantido em Mundiais ISA
setembro 28
Guilherme Fonseca: “Têm sido anos de muito sacrifício” (ENTREVISTA)
setembro 28
Praia do Seixal consagrou vencedores da 4ª etapa do Regional de SUP Race da Madeira 2022