Homepage

  • Depois do recital em Arica, Amaury Lavernhe é ausência em Iquique: 'Não tenho vida para estar focado a 100% no Mundial'
    12 maio 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    IBC World Tour
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O bodyboarder de 36 anos garante que irá voltar a vestir a licra de competição em Antofagasta e em dose dupla.
  • Durante este mês de maio, os melhores bodyboarders do mundo medem forças no Chile, país que acolhe de braços abertos as três primeiras etapas do circuito mundial de 2022 para a divisão Open. Tudo começou em Arica, seguindo-se Iquique, onde estão agora, para tudo terminar em Antofagasta lá mais para o fim do mês.

    A etapa que abriu as hostilidades foi incrível, histórica, alucinante e arrepiante. Terminou com a consagração de Amaury Lavernhe, que plasmou nas tubulares ondas de El Gringo uma das melhores de exibições da história do bodyboard de competição.

    O bodyboarder francês conseguiu quatro notas máximas no dia das finais, duas delas na final diante do atual campeão mundial, o sul-africano Tristan Roberts. Anotou o score combinado de 20 pontos em 20 possíveis. Para completar o ramalhete, o campeão do mundo em 2010 e 2014 venceu todos os sete heats que disputou no inesquecível Arica Cultura Bodyboard. O seeding mais baixo que trouxe de 2019, o último ano em que houve Mundial, obrigou o gaulês a começar mais cedo a sua prestação ao invés do que sucedeu com os tops mundiais.

    "Definitivamente, este foi um marco na minha carreira enquanto desportista e uma das melhores performances da história do bodyboard de competição. Queria apenas mostrar a minha próprio que ainda estou aí para as curvas e consegui", analisou o autor desta proeza épica. 

    De Arica, Amaury saiu com o seu estatuto reforçado na história do bodyboard, mas também com a liderança do ranking mundial. Contudo aos 36 anos de idade, a vida deste bodyboarder europeu já não é mesma que tinha há um punhado de anos atrás. O gene competitivo está e estará sempre presente, mas há também outras prioridades no dia a dia. 

    Por isso, o Iquique Bodyboard Pro foi para a água sem o atual número 1 do mundo. Tudo porque Lavernhe decidiu dar um até já ao Chile e regressar ao lar, doce lar. Depois de chegar a casa e pousar as malas, meteu-se à escrita nas redes sociais e explicou porque motivo não está em Iquique.

    "Antes de viajar para Arica, tinha em mente fazer apenas alguns campeonatos em 2022, de modo a ficar novamente dentro do top 16 mundial. Não tenho nenhuma obrigação para com o Tour, pois nem sequer estou a ser remunerado para fazer o circuito. Estive em Arica, pois era algo queria muito. O facto de ter vencido o campeonato alterou um pouco os meus planos, mas continuo a não ter vida para estar focado a tempo inteiro no circuito mundial", começou por dizer 'Moz'.

    E porque diz o competidor gaulês que não tem vida para dedicar-se de corpo e alma ao Tour? "Uma vez que sou pai, considero que não há nada mais importante do que assistir ao crescimento dos meus filhos. Em 2022, o meu foco passa por tentar encontrar o equilíbrio ideal entre todas estas coisas que fazem parte da minha vida. Por isso é que decidi não estar presente no Iquique Bodyboard Pro. Antes de voltar a competir queria ver a minha família", confidenciou.

    O tão aguardado regresso à ação está agendado para a próxima semana em Antofagasta e será em dose dupla. "É fantástico ter a oportunidade de passar uma semana em casa com a família. Isso fará com que esteja ainda mais entusiasmado para competir em Antofagasta na divisão Open, mas também em dropknee", revelou.

    No mesmo texto, Amaury Lavernhe também falou sobre os seus planos para o pós-perna chilena. "Depois, veremos o que acontece e se conseguirei ir até ao Brasil para para participar no Itacoatiara Pro."

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Amaury Lavernhe
  • Competição
  • IBC World Tour
  • IBC
  • International Bodyboarding Corporation
  • bodyboard
  • Circuito Mundial de Bodyboard
  • Fotografia
    IBC World Tour
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 30
Melhores bodysurfers nacionais a caminho da Praia do Guincho
setembro 30
Ondas de Peniche vão coroar o novo campeão nacional de Surf Esperanças Sub-16
setembro 30
Temperatura vai ultrapassar os 30ºC no primeiro fim de semana de outubro
setembro 30
Finalíssima do Surf Esperanças Sub-12 de 2022 disputa-se na Praia Internacional do Porto
setembro 28
Teresa Bonvalot, 10 anos de sucesso garantido em Mundiais ISA
setembro 28
Mercedes-Benz vai celebrar o Dia Mundial do Mar com a temática Nazaré
setembro 28
Guilherme Fonseca: “Têm sido anos de muito sacrifício” (ENTREVISTA)