Homepage

  • Alex Botelho processou a WSL após acidente na Nazaré
    12 abril 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Big rider algarvio quase perdeu a vida durante o Nazaré Tow Surfing Challenge 2020.
  • Foi a 11 de Fevereiro de 2020 que Alex Botelho quase perdeu a vida nas ondas gigantes da Praia do Norte, num incidente, durante a edição inaugural do Nazaré Tow Surfing Challenge, que envolveu o jet ski onde seguia e deixou o big rider algarvio hospitalizado durante vários dias. Agora, mais de dois anos depois, e ainda com algumas sequelas do acidente, Alex Botelho terá iniciado um processo em tribunal contra a World Surf League, segundo informa a agência Lusa, esta terça-feira.

    O surfista algarvio, que ficou com sequelas nos pulmões, acusa a WSL de "negligência grosseira, omissão dolosa e deturpação intencional e negligente" por não ter cumprido à risca o plano de segurança do evento, segundo avançou a revista “Sábado”, que teve acesso ao processo. Em causa está o facto de a WSL, supostamente, não ter cumprido na íntegra o protocolo de segurança assinado dias antes pelos surfistas participantes no evento.

    A notícia do processo que deu entrada no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, na Califórnia, nos Estados Unidos, já tinha circulado em vários meios internacionais, mas só agora começou a circular no nosso país, ainda que tanto o surfista como a WSL se recusem a detalhar o caso. O Beachcam também tentou contactar anteriormente Alex Botelho, mas sem sucesso.

    Com ondas de 20 metros, Alex Botelho ficou inconsciente depois de a mota de água, na qual seguia acompanhado pelo também português Hugo Vau, ter sido atingida por uma onda na ressaca e o surfista ter embatido no reboque, depois de ter sido projetado no ar, ficando inconsciente até ser resgatado do mar, e sendo depois hospitalizado nos cuidados intensivos com ventilação assistida, no Hospital de Leiria.

    Sem querer alongar-se sobre o processo, uma fonte da WSL reforçou, através de uma nota enviada para a Agência Lusa, a prioridade que a instituição dá à segurança dos atletas. “A saúde e a segurança dos atletas, e de todos os associados aos nossos eventos em todo o mundo, são a nossa principal prioridade. Não podemos comentar litígios em andamento, mas, em termos gerais, estamos incrivelmente orgulhosos do nosso histórico de segurança, naquele que é um desporto inerentemente perigoso, e vamos defender vigorosamente a liga e os atletas que servimos”, pode ler-se.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Alex Botelho
  • WSL
  • nazaré
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 30
Portugal segue na corrida às medalhas no Rio de Janeiro
novembro 29
Jornada agridoce para Portugal na Macumba das ondas pequenas
novembro 30
Os primos que levaram São Tomé e Príncipe ao Mundial ISA Júnior do Brasil
novembro 30
Mariana Rocha Assis vítima de assédio com fotos de nudez geradas pela... inteligência artificial
novembro 30
Nic von Rupp novamente convidado para o The Eddie Aikau Big Wave Invitational
novembro 30
Matosinhos Surf School Cup 2023 com regresso marcado para sábado
novembro 29
Portugal regista primeira eliminação no Mundial ISA Júnior do Brasil