Homepage

  • Mundial Júnior de Bodyboard: Joel Rodrigues de nota 10 é terceiro no Marcona Pro
    21 março 2022
    arrow
    arrow
  • O vice-campeão mundial júnior em 2021 obteve a nota máxima nos quartos-de-final da prova peruana.
  • Joel Rodrigues voltou a estar em bom plano no Mundial Júnior de Bodyboard de 2022. Depois do vice-campeonato em Lurin, na abertura de temporada, o jovem boyboarder português alcançou o terceiro posto no Marcona Pro, campeonato também ele disputado no Peru.

    Os dois primeiros dias de prova foram marcados pela baixa qualidade das ondas, pelo que a organização não teve outro remédio do que realizar grande parte do evento no último dia. No passado domingo, viveu-se em Marcona uma longa jornada de competição para coroar os campeões da segunda etapa da época.

    Nesta trajetória no Marcona Pro, Joel Rodrigues foi assinando performances com scores combinados elevados, tendo como momento mais alto a prestação obtida nos quartos-de-final. Aí, nos instantes finais do duelo com o peruano Emanuel Mori, Joel deu espetáculo ao fazer uma nota 10! Pontuação máxima, que ajudou perfazer um score combinado de 17,75 pontos em 20 possíveis. 

    Apesar deste grande boost em termos de confiança, a prestação do vice-campeão mundial júnior em 2021 veio a terminar na ronda seguinte, as meias-finais. O bodyboarder nortenho foi derrotado por aquele que veio a ser o campeão da etapa. O brasileiro Paulo Galatti. Este liderou a bateria desde a fase inicial, pese embora os esforços de Joel para tentar reverter a situação até ao toque da buzina.

    Joel teve assim de contentar-se com o terceiro posto, mas deixa a perna peruana, que marcou o arranque de época, com um importante pecúlio em termos de pontos para o ranking mundial. Com 3180 pontos já somados, o competidor luso é o atual terceiro classificado de um ranking que é liderado precisamente por Paulo Galatti, que suplantou o peruano Nicolas Espinoza na final deste Marcona Pro. Já o anterior comandante do ranking e vencedor da primeira etapa, Maycol Yancce, foi afastado nos quartos-de-final.

    Em termos de setor feminino, houve uma reedição da final do Lurin Pro, com duas bodyboarders do país irmão, que fez o pleno neste Marcona Pro. Porém, desta vez foi Luna Hardman a superiorizar-se a Isabelli Nunes. Ambas ocupam o topo do ranking feminino.

    Completada a perna peruana, o Mundial de Bodyboard vai continuar pela América do Sul. Segue-se a perna chilena, que é composta por três etapas.

    A próxima prova é o Arica Cultura Bodyboard, a disputar entre os dias 29 de abril e 7 de maio. Este campeonato, marcará o início de época para a categoria Open masculino e será a terceira etapa do ano para a categoria Júnior masculino. O feminino não competirá em Arica. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • bodyboard
  • Competição
  • IBC World Tour
  • IBC
  • Joel Rodrigues
  • International Bodyboarding Corporation
  • Portugal
  • Peru
  • Circuito Mundial de Bodyboard
  • Fotografia
    CNBB CA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022
junho 30
Projeto 'ReDuna' está em ação na Praia de São João da Caparica