Homepage

  • A bomba de Lucas Chumbo e os recordes do Mundo que nunca o foram (VÍDEO)
    17 março 2022
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Tenha sido ou não a maior onda de sempre, a verdade é que certezas apenas haverá durante a gala dos Big Wave Surf Awards da WSL. É aí que se validam e celebram recordes!
  • Todos os anos, assim que a temporada de inverno começa a chegar ao final e as ondas gigantes dão lugar a ondas mais pequenas, acende-se o debate sobre potenciais novos recordes mundiais para a Maior Onda já surfada. Sempre na Nazaré e com a Praia do Norte como palco. Não é um, nem dois. Manda já a tradição que vários surfistas se autointitulem de candidatos a serem o novo recordista mundial. Na maior parte dos casos fazem-nos precocemente. Este ano não é exceção.

    Na última onda a gerir falatório no que a medições diz respeito é esta bomba de Lucas Chumbo. Muitos já a colocam a resvalar os 100 pés, ou seja, mesmo perto de alcançar aquele mito que sempre foi considerado o Santo Graal do surf de Ondas Grandes. São 29,67 metros, segundos especialistas em medição.

    De facto, a onda surfada por Chumbo é gigante e pode até ser uma real candidata a quebrar o recorde do Guinness, que está na posse do compatriota Rodrigo Koxa, e que antes disso pertencia a Garrett McNamara. São eles os únicos dois surfistas que conseguiram bater esse recorde com ondas surfadas na Nazaré. É normal que já tenha ouvido imensos rumores e outros tantos nomes associados a esse feito, mas somente eles o conseguiram fazer oficialmente.

    Foi a 8 de Novembro de 2017 que Koxa superou o registo de McNamara, que vinha de 2011. O big rider brasileiro surfou uma onda que foi medida oficialmente com 24,40 metros. Algo ainda longe dessa mítica marca dos 100 pés. Desde então, muitos surfistas já garantiram ter superado esse registo, com a ajuda de medições externas e especialistas nessa ciência tão polémica, que parece ser tudo menos exata, como é a medição de ondas.

    Há quem critique a medição feita pela WSL em parceria com Guinness. Podem ter razão ou não, mas ao final do dia, ou neste caso da temporada, é essa medição que oficializa o tamanho das ondas e que define se há novo recorde mundial. E tal oficialização só pode acontecer mais para o final do ano, geralmente no final de outubro, que é quando acontece a cerimónia da entrega dos prémios WSL Big Wave Awards. Até lá tudo o que ouviram a falar de recordes do Mundo, são apenas meras possibilidades e rumores.

    Quem não se lembra do francês Benjamin Sanchis afirmar à imprensa que já tinha a medição oficializada para a maior onda alguma vez surfada? Pois bem, entre a polémica do tamanho e o facto de ter caído a meio da onda, o francês nem sequer chegou a ser finalista da edição desse ano. O mesmo aconteceu recentemente com o jovem português António Laureano, que garantia ter superado o feito de Koxa, graças a uma medição externa. Nada feito. Não foi sequer finalista.

    Este ano Lucas Chumbo não é o primeiro a candidatar-se ao recorde mundial. Dias antes foi o compatriota Vinicius dos Santos a fazer circular pela imprensa brasileira algo semelhante. Curiosamente, por esta altura do ano passado ambos afirmavam o mesmo. No final das contas, o recorde permaneceu com Rodrigo Koxa. Este ano acontecerá o mesmo? Ou esta bomba de Chumbo apresenta-se realmente como séria candidata a um novo recorde mundial? Ainda falta muito para sabermos.

    É certo que este “tempo de antena” gerado com base em medições externas até pode ajudar a dar visibilidade e construir carreiras. Até porque os media generalistas têm pouco conhecimento de causa sobre o processo que envolve a oficialização de um recorde e publicam praticamente tudo como verdade adquirida. Resta ao público saber filtrar aquilo que lê e perceber que nunca houve, nem haverá, pelo menos que conste, recordes mundiais da maior onda surfada antes do final do ano e da gala dos Big Wave Surf Awards. Por mais impacto que uma inverdade possa ter em relação ao seu esclarecimento…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Lucas Chumbo
  • nazaré
  • praia do norte
  • Guinness World Records
  • Maior Onda do Ano
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 03
Martim Nunes e Erica Máximo são os novos campeões nacionais Sub-20
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022