Homepage

  • Franceses já estagiam no Taiti a pensar nos Jogos Olímpicos de 2024
    04 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    FFSurf
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Michel Bourez, que é taitiano, é a única baixa por lesão.
  • A seleção francesa de surf tem a fasquia bem elevada para os Jogos Olímpicos de Paris’2024 e não perde tempo em preparar aquela que será a sua aparição olímpica do surf. Dessa forma, a Federação gaulesa organizou um estágio no Taiti para a equipa masculina. É lá, mais concretamente na famosa onda de Teahupoo, que vai acontecer a prova de surf das próximas olimpíadas.

    Por serem a nação a anfitriã, a França deverá contar com um wild-card para a prova masculina e feminina, tal como aconteceu com o Japão em Tóquio’2020, embora os nipónicos acabassem por não ter necessitado dessas vagas. Contudo, os gauleses querem mais e estão já a preparar-se da melhor forma para atacar as restantes vagas disponíveis – cada país pode levar um máximo de dois representantes por género.

    A delegação francesa, comandada pelos técnicos, Stéphane Corbinien, Hira Teriinatoofa e Hugo Palmarini, está por estes dias no Taiti a testar-se nas ondas locais. A liderar os convocados está o experiente ex-top do CT Joan Duru, que é o campeão mundial ISA em título, acabando por não competir em Tóquio, devido ao facto de a França ter as vagas preenchidas com os tops mundiais Jeremy Flores e Michel Bourez.

    Com Jeremy já retirado da competição e com Michel Bourez fora do CT, atualmente a França não tem qualquer representante na elite mundial masculina. E caso o cenário se mantenha na próxima temporada, os gauleses terão de se focar a 100 por cento nas vagas em disputa nos Mundiais ISA, caso o processo de qualificação se mantenha como o de Tóquio.

    A acompanhar Duru estão ainda organn Couzinet, Charly Quivront, Kauli Vaast, Mihimana Braye, Charly Martin, Gatien Delahaye, Gaspard Larsonneur, Thomas Debierre e Justin Bécret. Tristan Guilbaud, Maxime Huscenot e Tim Bisso tiveram dispensa dos trabalhos, tal como o local Michel Bourez, que se encontra a recuperar de operação.

    Os treinos têm ocorrido na onda de Teahupoo, mas também em beach breaks, como Papara. O objetivo passa por ir preparando a equipa para os Jogos Olímpicos de Paris’2024, mas também para ajudar estes surfistas a preparar a temporada do QS europeu e Challenger Series, onde poderão garantir o acesso à elite mundial do próximo ano e ficar um degrau mais perto do apuramento olímpico.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • França
  • Paris'2024
  • Jogoso Olímpicos
  • Taiti
  • Teahupoo
  • Fotografia
    FFSurf
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal