Homepage

  • Perdura a façanha de Andy Irons: o último surfista a vencer o CT de Pipe em dois anos consecutivos
    08 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Em toda a história do carismático evento, somente meia dúzia de surfistas conseguiu defender com sucesso o título conquistado 12 meses antes
  • Um dos momentos que gerou maior emoção no histórico triunfo de Kelly Slater no Billabong Pro Pipeline foi a homenagem feita pelo próprio ao eterno rival e saudoso Andy Irons, que dá nome ao mítico campeonato havaiano. 

    Com o filho Axel e a esposa Lyndie em palco, Slater lembrou a importância que a rivalidade com Andy teve na sua carreira. KS admitiu mesmo que sem AI, provavelmente a carreira dele teria terminado mais cedo. Pelo meio, ainda lembrou o dia do nascimento de Axel e o tubo mais perfeito que viu quebrar em Pipeline nesse mesmo dia.

    Se o 11 vezes campeão do mundo é o surfista mais bem sucedido na história do Pipe Masters, com oito triunfos, já Andy Irons também escreveu uma bonita página na bancada rainha do surf mundial. Durante a sua ilustre carreira, o tricampeão mundial foi coroado Pipe Master por quatro vezes (2002, 2003, 2005 e 2006). Apenas Kelly Slater tem melhor currículo naquela latitude. O dobro das vitórias desde o passado sábado.

    Para além destes triunfos, o nome de Andy Irons continua a ser por estes dias o detentor de um registo histórico no emblemático evento. Até ao momento, foi o último surfista a conseguir vencer por duas vezes consecutivas a prova. Neste milénio foi mesmo o único, até ao momento. Sempre que venceu o Pipe Masters foi em forma de bis.

    Desde 2006, mais nenhum surfista conseguiu dominar os rivais durante duas edições consecutivas, o que mostra bem o quão imprevisível, competitiva e desejada é esta prova. Atrai os melhores dos melhores e até o calendário do CT sofrer esta profunda transformação, era nesta onda localizada no North Shore de Oahu, no Havai, que foram coroados muitos campeões mundiais. 

    Desde 2006, pelo lugar mais alto do pódio já passaram nomes como Kelly Slater, Taj Burrow, Joel Parkinson, John John Florence, Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Adriano de Souza, entre outros. Gigantes do surf, mas que não conseguiram emular o que fez AI em 2002/2003 e 2005/2006. 

    Em toda a história do evento, somente meia dúzia de surfistas conseguiu replicar a façanha alcançada 12 meses antes. Foram eles: Gerry Lopez (1972 e 1973), Rory Russell (1976 e 1977), Larry Blair (1978 e 1979), Tom Carroll (1990 e 1991) e Kelly Slater (1994 e 1995). Três havaianos (contando com Irons), dois australianos e um norte-americano. Aliás, KS é mesmo o único competidor que em toda a história do Pipe Masters conseguiu fazer um hat-trick de triunfos (1994, 1995 e 1996). 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Competição
  • Andy Irons
  • havai
  • Pipeline
  • Pipe Masters
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal