Homepage

  • Milhares de peixes encontrados sem vida ao largo da costa francesa
    07 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Sea Shepherd França Facebook
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A União Europeia e o Governo francês anunciaram que já estão a investigar o motivo pelo qual milhares de peixes estão a flutuar em pleno Atlântico.
  • Na madrugada da passada quinta-feira, ocorreu um incidente no Oceano Atlântico, junto à costa sudoeste francesa (largo de La Rochelle), cuja repercussão já deu a volta ao mundo nos últimos dias. A embarcação holandesa FV Margiris, o segundo maior barco de pesca do mundo, derramou milhares de peixes sem vida nas águas do Atlântico. 

    Face ao sucedido, o grupo da indústria pesqueira Pelagic Freezer-Trawler Association (PFA), que representa o proprietário da grande embarcação, emitiu um comunicado oficial onde explica que a origem deste incidente deve-se ao facto da rede da arrasto ter-se rasgado. A PFA fala numa "ocorrência muito rara" e simultaneamente diz que “entende totalmente as emoções que essas imagens podem trazer”. Imagens que a ministra do Mar de França, Annick Girardin, classificou como “chocantes”.

    As explicações da PFA não foram bem recebidas pelo grupo ambientalista Sea Shepherd, que através das redes sociais divulgou ao mundo as primeiras imagens deste episódio. A Sea Shepherd França não acredita que este desastre tenha sido acidental. No entender desta organização sem fins lucrativos, o derrame aconteceu numa tentativa de descarregar uma espécie de peixe que a traineira não queria processar, algo que é proibido pelas regras de pesca da União Europeia. A Sea Shepherd diz mesmo que terão sido despejados mais de 100 mil peixes mortos naquelas águas do Atlântico.

    Na sequência deste incidente, a União Europeia e o Governo francês anunciaram que já estão a investigar o motivo que terá provocado este cenário dantesco. O comissário europeu para o Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginijus Sinkevičius, revelou a abertura de um inquérito para “obter informações e provas exaustivas sobre o caso”.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Oceano Atlântico
  • França
  • Peixes
  • Ecossistema
  • Natureza
  • Meio Ambiente
  • mar
  • Sea Shepherd
  • Fotografia
    Sea Shepherd França Facebook
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022
junho 30
Projeto 'ReDuna' está em ação na Praia de São João da Caparica