Homepage

  • Kelly Slater e a história da prancha que conseguiu recuperar após perdê-la no mar
    09 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL/Tony Heff
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Um free surf em Haleiwa ao fim do dia, após o segundo dia de competição no Billabong Pro Pipeline, não terminou da melhor forma para o lado de KS.
  • Em toda a história do Pipe Masters, denominado na última edição de Billabong Pro Pipeline, Kelly Slater é o surfista mais laureado do mítico campeonato havaiano. No total, já conseguiu oito triunfos na onda rainha do surf mundial, o último dos quais obtido no passado sábado, a poucos dias de completar 50 primaveras.

    KS domina em Pipe, é a sua arena de eleição, mas o lendário surfista norte-americano não é homem de uma única onda no idílico North Shore de Oahu, no Havai.

    Slater também costuma visitar outros surf spots como são o caso de Sunset Beach ou Haleiwa, tão bem conhecidos por fazerem parte da emblemática Triple Crown havaiana, que nos últimos anos tem sido digital. E foi precisamente em Haleiwa que o 11 vezes campeão mundial viveu na passada semana uma história bizarra.

    Após o segundo dia de competição no Billabong Pro Pipeline, que ficou marcado pela sensacional reviravolta que protagonizou diante do havaiano Barron Mamiya, Kelly ainda foi surfar a Haleiwa ao final do dia. Só que esse free surf não correu lá muito bem ao de Cocoa Beach. Já com pouca visibilidade por causa do lusco fusco, Slater caiu numa onda e depois foi varrido pelo set. Diz que foram cerca de 10 ondas. O mar estava grande.

    No meio de toda azáfama, que quase provocou o afogamento do surfista de 49 anos, KS desprendeu-se do leash e acabou por perder a prancha que estava a utilizar. Pensava o campeoníssimo que esta já era. Perdida algures no meio do mar, nunca mais viria tal prancha.

    Porém, as coisas não foram bem assim. Alguns dias depois, através da rede social Instagram, uma senhora, de seu nome Monica, felicitou Kelly Slater pelo feito alcançado e revelou que encontrou a prancha do dito cujo no mar, quando se encontrava a bordo de um barco. A prancha foi encontrada a cinco milhas da costa no oeste de Oahu, perto da boia S, revelou Monica.

    Tomando conhecimento deste achado, Slater rapidamente respondeu à publicação de Monica no Instagram. "Wow. Inacreditável. Obrigado. Quase que me afoguei depois de perder a prancha em Haleiwa. Não foi engraçado, mas é uma grande memória", disse.

    Depois, já através de uma insta story, Kelly Slater confidenciou: "Esta foi a terceira vez que uma prancha minha foi encontrada no mar. Disseram-me que quem encontrou a prancha também é da Florida?! Como o mundo é pequeno!"

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Kelly Slater
  • Surf
  • havai
  • Haleiwa
  • Fotografia
    WSL/Tony Heff
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 06
Rio de Janeiro a ferver! 'Cidade maravilhosa' regista sensação térmica recorde de 58ºC
fevereiro 06
Farol do Cabo de São Vicente alvo de profunda restauração
fevereiro 06
Temperatura a descer e a chuva deverá regressar esta semana
fevereiro 06
Sintra Pro no calendário do Mundial de Bodyboard 2023, mas sem elite masculina
fevereiro 06
Gustavo Ribeiro é vice-campeão do mundo de skate
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 03
Lucas Fink, de Ipanema para as ondas grandes da Nazaré com a prancha de skimboard: 'Se o teu sonho não te dá medo, não estás a sonhar alto'