Homepage

  • João de Macedo sobre a lesão de António Silva: 'Vê-se a violência da Nazaré mesmo nos dias que não são os maiores de todos'
    11 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Laurent Masurel/WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • António Silva foi diagnosticado com um traumatismo craniano, pelo que a equipa 100% portuguesa teve de terminar mais cedo a sua presença no Nazaré Tow Surfing Challenge de 2021/2022.
  • Pela segunda vez consecutiva, João de Macedo e António Silva deram forma ao team Portugal no Nazaré Tow Surfing Challenge de 2021/2022. Em conjunto, os dois experientes big riders voltaram a desbravar as ondas gigantes da Praia do Norte, mas desta vez as coisas não correram bem.

    No primeiro heat em que estiveram envolvidos, António Silva sofreu um violento wipeout. Depois deste acidente, António ainda continuou a competir nessa mesma bateria. Concluída a primeira prestação, a equipa 100% lusitana já não viria a disputar o segundo heat. Tudo terminou de forma precoce.

    Na sequência do wipeout sofrido, António Silva sofreu um traumatismo craniano. Por precaução, foi transportado para o hospital de Leiria. O livro de regras da World Surf League (WSL) diz que se um dos big riders da equipa não estiver disponível, o outro elemento não está autorizado a competir. Assim foi. A mesma regra aplicou-se ao par António Laureano e Justine Dupont.

    Depois de terminar mais cedo a prova nazarena, João de Macedo esteve um pouco à conversa com o MEO Beachcam e contou tudo o que aconteceu. "Inicialmente, não percebemos que era assim tão grave o que tinha sucedido. O acidente passou-se ao meio do heat, pelo que o António ainda voltou à ação e conseguiu-me colocar em duas ondas. Depois, os médicos avaliaram os sintomas e não deixaram o António continuar a sua participação no campeonato, tendo sido levado para o hospital. O risco não era que estivesse mal, mas sim os danos irreversíveis que poderiam ser causados caso sofresse uma nova pancada na cabeça", explicou Macedo.

    Impossibilitado de continuar a sua participação, o big rider de 44 anos não escondeu que a regra aplicada é um "bocado difícil de entender", mas esta e outras regras existem para "serem avaliadas" com o tempo. 

    Ainda assim o desalento não era total. "Pelo menos fizemos ondas e poderia ter sido pior. A Justine e o António estão bem", afirmou o nono classificado na prova masculina.

    Tudo terminou bem num dia em que o Canhão da Nazaré voltou a rugir e a mostrar toda a sua força. "Mesmo nestes dias que não os maiores de todos, vê-se a violência da Nazaré. É um local muito intenso e pelo qual não se deve ter medo, mas sim muito respeito. Temos de dar graças à Nazaré porque é sempre um show incrível", concluiu.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • WSL
  • World Surf League
  • João de Macedo
  • Competição
  • António Silva
  • Nazaré Tow Surfing Challenge
  • praia do norte
  • nazaré
  • Portugal
  • Fotografia
    Laurent Masurel/WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022
junho 30
Projeto 'ReDuna' está em ação na Praia de São João da Caparica